Home Economia Comércio espera gerar 500 vagas temporárias neste final de ano

A previsão é da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis, que aponta ainda um crescimento de até 10% nas vendas em relação ao mesmo período de 2013 

LUANA CAVALCANTE

O final de ano chega e sinaliza oportunidades para quem deseja ingressar no mercado de trabalho, seja para sair da situação de desemprego ou mesmo para complementar a renda familiar nessa época do ano. O Natal é o período de maior expectativa entre os lojistas que se preparam para receber os consumidores.

Dentre as estratégias está a abertura de vagas temporárias com o intuito de atender melhor as pessoas com o crescimento da demanda esperada nesta época do ano. Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis, Reinaldo Del Fiaco, espera-se que cerca de 500 vagas sejam criadas neste ano, mesma quantidade do mesmo período, em 2013. Em 2012 o comércio gerou 400 novos postos de trabalho temporário na época de Natal.

Del Fiaco informa que os setores que mais empregaram no ano passado foram o comércio e a prestação de serviço e esse cenário deve continuar em 2014. O presidente da CDL conta que a maioria das pessoas que aproveitam as vagas temporárias é jovem.

“É um período de férias escolares e das universidades então acredito que eles aproveitem esse tempo para ganhar um dinheiro extra”, comenta. Reinaldo Del Fiaco ressalta ainda que é uma oportunidade para quem está desempregado conseguir uma renda com trabalhos diversos.

Para ter um acesso facilitado a essas vagas, o endereço eletrônico da CDL disponibiliza um link para cadastrar os currículos onde os lojistas têm como consultar e já selecionar quem deseja para sua empresa. Outra ferramenta são os cursos que a entidade oferece para ajudar na qualificação dos candidatos as vagas.

“Temos capacitações nas áreas de atendimento, crediarista, caixa, entre outras funções. A pessoa se qualifica para ter um bom desempenho agora e futuramente até conseguir permanecer no emprego”, observa Reinaldo Del Fiaco.

Durante todo o ano são abertas turmas gratuitas, ou seja, os alunos não pagam nada, e em outros casos os cursos são mais baratos porque são subsidiados por parceiros ou pela própria CDL. Outras entidades também promovem palestras e seminários como, por exemplo, o Sebrae, que fortalece a oferta de orientações relacionadas ao mercado de trabalho. “Temos também parcerias com a Prefeitura de Anápolis para atender a demanda e tem opções variadas de formação profissional”, informa.

A expectativa é que de 30% a 40% das pessoas que estão nestas vagas temporárias possam ser efetivadas. “Depende do desempenho de cada um, mas há chances desse funcionário se destacar e conquistar definitivamente seu espaço no mercado”, pontua Reinaldo Del Fiaco.

Consumo
Os lojistas têm a expectativa que as vendas aumentem de 5 % a 10% no final do ano. O presidente da CDL evidencia que está na época do pagamento do 13º salário e, por isso, espera-se que as pessoas comprem mais.

O que também contribui para atrair os consumidores são as luzes natalinas que já começam a aparecer nos estabelecimentos comerciais. Investir nas ornamentações é outra estratégia para agradar o cliente. O presidente da CDL conta que todos os associados foram convidados para participar do projeto da Prefeitura de Anápolis, Natal de Luz, que inclui o concurso de Decoração Natalina. O concurso é dividido em categorias: Edifício Residencial; Estabelecimento Empresarial; Casa Residencial. Pelo segundo ano consecutivo, a Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia), o Sindicato do Comércio Varejista de Anápolis (Sincovan) junto com a CDL vão oferecer uma premiação especial para a categoria Estabelecimento Comercial.

Reinaldo Del Fiaco explica que é um incentivo para que mais lojas participem desse momento festivo. “Premiamos os três primeiros lugares, com R$ 4,5 mil; R$ 3 mil e R$ 1,5 mil, respectivamente, todas as lojas podem concorrer, basta fazer a inscrição de acordo com o regulamento feito pela administração municipal”, esclarece.

Ruas ganham ornamentação

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Agricultura, Air Ganzarolli, destaca que neste ano a Prefeitura de Anápolis investe sozinha na ornamentação da cidade. Mesmo sem parcerias com os governos estadual e federal, ele garante que as ornamentações terão um investimento 40% maior em relação ao ano passado.

As avenidas São Francisco, JK, Mato Grosso, Santos Dumont e Presidente Kennedy já ganharam ornamentos. Segundo Air Ganzarolli, até o dia 21 de novembro as principais vias da cidade receberão as tradicionais luzes de Natal.

A equipe responsável pelo projeto, junto com os lojistas da cidade, antecipou a ornamentação justamente para movimentar o comércio. “Estamos preparados para receber as pessoas de outras cidades que visitam Anápolis e fomentam nossa economia”, destaca o secretário.

Air Ganzarolli ressalta que a cidade recebe pessoas de cerca de 23 municípios por razões diversas, seja para visitar parentes, ou mesmo porque já conhecem as oportunidades. “Ano passado percebi esse cenário, antes os anapolinos saíam para fazer suas compras de final de ano. Agora já podemos ver a que até a população da capital vem até aqui para prestigiar”, comenta.

 

Deixe um comentário