Ad
Home Últimas Notícias Casal é preso suspeito de sonegar R$ 2 milhões em impostos, em...

Um casal de empresários foi preso suspeito de sonegar cerca de R$ 2 milhões em impostos, em Goiânia. Além disso, eles são acusados de abrir lojas usando documentos falsos. Segundo a polícia, a dupla vendia produtos e serviços sem emitir nota fiscal.

Procurados há um ano, os empresário João Brito Júnior, de 32 anos, e Wanissy Arantes, de 33 anos, proprietários de três lojas de móveis na Avenida 136, no Jardim Goiás, foram presos na quarta-feira (6/05). Conforme as investigações, os comerciantes mantinham uma loja de sofás há cerca de cinco anos e vendiam os produtos sem nenhuma nota fiscal.

A suspeita é de que eles tenham sonegado o Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). Eles foram indiciados por crime contra a ordem tributária, uso de documento falso e falsidade ideológica. Se condenados, eles podem ficar presos, cada um, por até 15 anos somando-se as penas.

Deixe um comentário