Ad
Home Últimas Notícias Filho é preso suspeito de agredir idoso por 13 anos

idoso

Um desempregado de 42 anos foi preso em flagrante, na madrugada desta segunda-feira (16/11), suspeito de agredir o pai, de 88, em Anápolis. Segundo a vítima disse à polícia, o crime ocorre há cerca de 13 anos. A investigação apontou que o filho tinha interesse em se apropriar dos bens do idoso.

A vítima ficou com marcas nos braços e nas pernas. Ele relembrou os momentos de terror que sofreu. “Ele me empurrou e eu cai lá longe. Ele ainda queria pisar em mim”, disse o idoso, que não quis se identificar.

A mulher do aposentado afirmou que, mesmo com as constantes agressões, o pai se negava a denunciar o filho. Porém, após o último episódio de violência, o casal resolveu procurar ajuda.

“Ele [pai] achava que um dia ele [filho] poderia mudar. [Ele dizia] Vamos dar uma chance que um dia ele muda. Mas cada vez está ficando pior. Agora eu quero justiça. Eu tenho até medo dele”, lamenta a mulher, que também se manteve anônima.

O delegado responsável pelo caso, Manoel Vanderic, explicou que o homem não trabalha e que vive às custas do pai, que recebe cerca de R$ 3 mil de aposentadoria. Em outras ocasiões, ele chegou a quebrar a mão do aposentado.

“Ele invadiu um imóvel nos fundos da casa do pai e agora quer expulsá-lo da casa melhor para se apropriar desse imóvel. Diante de toda essa confusão, ele começou a agredir o pai fisicamente”, informa.

O suspeito deve ser indiciado por lesão corporal em âmbito doméstico, ameaça e injúria. Se for condenado, pode pegar uma pena de até quatro anos de prisão.

Deixe um comentário