Home Economia Marconi vistoria Centro de Convenções de Anápolis

DSC_0940

Governador lança oficialmente o reinício das obras e garante que não haverá interrupção no cronograma

JOÃO AQUINO –  Especial para o JE

O governador Marconi Perillo, acompanhado de José Eliton, vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, esteve em Anápolis na sexta-feira, 29, para autorizar o reinício das obras do Centro de Convenções de Anápolis, obra que está com aproximadamente 75% dos trabalhos concluídos.

Marconi fez questão de falar da dimensão e da importância da obra para Anápolis e Goiás, que deve trazer grandes eventos para a cidade, gerando mais investimentos, empregos e renda, o que beneficiará toda a população. Segundo o governador, o Centro de Convenções atrairá feiras, congressos, formaturas, festas de casamento, shows, peças teatrais, exposições, eventos religiosos e dentre outras atividades, movimentando hotéis, restaurantes e serviços que dependem do fluxo de pessoas que passarão pelo local.

Marconi abriu a cerimônia dizendo: “Esta vai ser a mais importante obra em Anápolis. É uma obra cara, muito bem construída, moderna, à altura do povo anapolino. É uma obra que vai engrandecer muito, que vai marcar para sempre a história do anapolino”. Ele também falou: “Este Centro será uma referência para o Brasil Central, para o Centro-Oeste e para Goiás, que felizmente está aqui numa posição estratégica para o nosso Estado”.

O vice-governador José Eliton disse que devido às dificuldades financeiras do ano de 2015, não foi possível ao Estado despender os recursos necessários para o término das obras naquele ano, mas refletindo as medidas tomadas pelo governador Marconi Perillo para enxugar a máquina pública, economizar com o custeio e fazer um reajuste fiscal eficiente, no ano de 2016 está sendo possível retomar outras obras como o novo Presídio, o Aeroporto de Cargas e Centro de Reinserção Social. Ele disse ainda que não há nenhuma possibilidade de interrupção das obras do Centro de Convenções, visto que os recursos já estão garantidos, e que o espaço será entregue à população ainda este ano.

O prefeito João Gomes agradeceu ao governador Marconi Perillo pela deferência para com Anápolis, dizendo que o Centro de Convenções será um marco na história da cidade, por ser um antigo desejo de empresários, promotores de eventos, artistas e da população em geral.

Visivelmente feliz, Jaime Rincón, presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (AGETOP), notou que a grandiosidade da obra é uma homenagem que o governador Marconi faz à Anápolis, que sempre o prestigiou com o carinho da população e votações decisivas em todas as eleições em que Marconi sagrou-se vitorioso.

Custeadas com recursos do Fundo Produzir, gerido superintendente do Fomentar/Produzir da SED, o anapolino Fernando de Almeida Cunha; quando terminado o Centro de Convenções terá recebido investimentos na ordem de 157 milhões de reais, sendo uma das maiores obras físicas do Governo de Goiás em Anápolis.

Dotado de salas multiuso; um auditório com 2.300 lugares e outro com 700 lugares; área administrativa e primeiros socorros; espaços compartimentados; pavilhão de exposições e teatros, o Centro de Convenções de Anápolis está localizado às margens da BR-060, confluência com a Avenida Brasil, ao lado do trevo do Daia, podendo receber eventos locais, regionais, nacionais e até internacionais.

Estiveram presentes no evento o deputado estadual Carlos Antônio; o presidente da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia), Anastacios Apostolos Dagios; o presidente da FACIEG, Ubiratan da Silva Lopes; o comandante do 3º Comando Regional da Polícia Militar de Anápolis (3º CRPM), coronel José Antônio Lemos Filho; o ex-prefeito Adhemar Santillo; a ex-deputada estadual e superintendente dos Direitos Humanos da Secretaria Cidadã, Onaide Santillo; o presidente da AGR, Ridoval Chiareloto; o superintendente de Comércio Exterior, Luiz Medeiros; o chefe do Gabinete Militar do Governador, coronel Adailton Florentino; o empresário Carlos Nogueira; os vereadores Eber Mamede, Jerry Cabelereiro e Pedro Mariano; o ex-deputado federal Pedro Canedo; o superintendente de Indústria e Comércio, Víctor Hugo Marques de Queiroz; o diretor da Assembleia Legislativa, Carlos Henrique Santillo, além de lideranças empresariais, políticas, religiosas e comunitárias.

Deixe um comentário