Ad
Home Últimas Notícias Polícia identifica suspeito envolvido em assalto que matou PM

pm

A Polícia Civil identificou o terceiro suspeito envolvido na morte do policial militar Sérgio Rodrigues Souza Vaz, cuja idade não foi revelada, em Anápolis. Trata-se de Jarbas Augusto Bezerra Dias, que ainda está foragido. A vítima tentou evitar um assalto a uma pamonharia quando foi alvejado. Outros dois criminosos também morreram.

O crime ocorreu no último domingo (31). Segundo as investigações, Jarbas ficou do lado de fora do comércio esperando os comparsas, que invadiram o local. Sérgio, que estava de folga, jantava no local com a namorada, também policial. Ele reagiu, atingiu os suspeitos, mas também foi alvejado. A mulher não se feriu.

O delegado responsável pelo caso, Daniel Nunes, disse que chegou a localizar uma chácara onde Jarbas passou a noite logo após o crime, mas ele conseguiu fugir.

“A Polícia Civil, em conjunto com a PM, realizou na cidade diversas operações no sentido de encontrar o Jarbas. Estivemos em uma chácara onde ele esteve. Por um pequeno lapso de tempo, não conseguimos captura-lo. Desde então, estamos no encalço dele”, afirma.

Outras duas pessoas foram autuadas por favorecimento pessoal, pois ajudaram Jarbas a fugir. O delegado explica, porém, que elas não têm relação com o assassinato e que não foram presas. No entanto, estão intimadas a prestar informações à polícia caso necessárias.

Profissional exemplar
Na ocasião da morte, a PM, em nota, lamentou o ocorrido e informou que Sérgio já tinha 23 anos de serviços prestados à corporação; Ele estava lotado no 1º Batalhão Rodoviário, em Goiânia.

“Estava no excepcional comportamento e continha diversas condecorações, inclusive tendo sido promovido em 2014 por ato de bravura, deixando bem claro seu compromisso com os valores da Polícia Militar do Estado de Goiás”.

Ainda segundo a nota, o policial honrou seu juramento de proteger a sociedade e, “mesmo com o risco à própria vida, reagiu à injusta agressão, frustrando a ação”.

Por fim, a corporação ressaltou as qualidades do militar. “Que Deus lhe dê bom lugar e que este policial, pai de família, trabalhador honesto e honrado, seja lembrado por sua coragem, dedicação, e conduta ímpar”.

Deixe um comentário