Ad
Home Últimas Notícias Preso usuário de drogas suspeito de agredir o pai e a avó,...

agressor

Um jovem foi preso nesta terça-feira (16) suspeito de agredir o pai e a avó, uma idosa de 72 anos, em Anápolis. Segundo familiares informaram à polícia, Fabrício Carrijo Souza Tavares, de 24 anos, é usuário de drogas há cerca de dez anos e batia nos parentes com o intuito de conseguir dinheiro para sustentar o vício.

De acordo com o delegado Manoel Vanderic, responsável pelo caso, na semana passada, Fabrício já havia sido avisado pela polícia a sair de casa e parar de agir contra a família. Porém, ele não obedeceu à ordem e acabou sendo detido.

“[Na ocasião], nós retiramos o Fabrício do lar. Ele não estava em situação de flagrante e foi alertado sobre todas as consequências do ato criminal. Mas, infelizmente, no dia seguinte, ele já voltou para a casa sob efeito da droga. É um círculo vicioso que só piora”, disse.

Vanderic contou ainda que o jovem quebrou uma porta, ameaçou matar a avó e pegou dinheiro dela para comprar drogas. A idosa, que prefere não se identificar, lamentou a situação e contou que não quer mais proximidade com o neto.

“Estou me sentindo muito mal, não estou mais suportando ele. Não quero ver ele nem pintado de ouro. Não quero mais saber dele”, afirma.

O pai de Fabrício, que também não revelou a identidade, disse que já brigou várias vezes com o filho. “Ele discute com a gente. Qualquer coisa, ele quer partir para agressão. Ele acha que só ele está a certo, a gente não tem direito nenhum. Ele já me agrediu de faca, já brigamos no tapa”, comenta.

Como não houve flagrante da agressão, o suspeito foi autuado por apropriação de aposentadoria, injúria, ameaça e invasão de domicílio. Se condenado, pode pegar até sete anos de prisão.

O delegado alegou que a soltura de Fabrício representa um perigo para os familiares. “O que a polícia espera é que diante de todas essas provas e do desespero demonstrado pela família, ele permaneça um bom tempo preso, já que a liberdade provisória dele representa um risco para a vida de toda a família”, pontua.

Deixe um comentário