Infração

Que as imprudências no trânsito são extremamente comuns no Brasil todos já sabem. Porém, entre as infrações cometidas, sendo o excesso de velocidade uma das principais delas, algumas se destacam por baterem verdadeiros recordes entre os delitos já registrados.

E o mais recente recorde de excesso de velocidade foi registrado em Goiás no último domingo (28). A motocicleta que percorria a BR-060 de Anápolis para Brasília alcançou 229 km/h que foram registrados pelo radar de fiscalização da rodovia.

Segundo o que foi divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o número foi o mais alto que já foi registrado pelos radares de Goiás. Vale ressaltar que a velocidade máxima permitida na rodovia em questão era de 110 km/h.

A moto, com placa do Distrito Federal, é de ano 2013 e até esse recorde realmente impensável ainda não tinha nenhuma multa registrada, segundo o que a Polícia Rodoviária Federal divulgou.

A infração foi gravíssima

moto velocidade

Porém, esse deslize e o novo recorde batido terão consequências consideráveis para o motorista da motocicleta. Isso porque, ao atingir mais do que o dobro da velocidade máxima que era permitida pela via, o condutor cometeu uma infração de nível gravíssimo.

Isso acarretará em uma multa que vai gerar 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do motorista em questão, que ainda terá que pagar a multa que custa R$ 574,62. Para completar, ele irá ter a sua CNH apreendida e perderá o direito de dirigir, precisando esperar o período de recessão estipulado e realizando o curso de reciclagem.

Números que só crescem

As infrações por velocidades são as mais comuns e as mais registradas em todo o país. Apenas no domingo em que a moto com velocidade recorde foi pega, a Polícia Rodoviária Federal registrou 800 flagrantes de alta velocidade. Tudo isso em um único dia.

Segundo o que foi divulgado pelos policiais, certa de 15% desse número foi apenas de motocicletas. O excesso de velocidade variou entre 140 km/h até os impressionantes 229 km/h da motocicleta do Distrito Federal.

Segundo dados divulgados, foram registrados 23 mil casos de multas por excessos de velocidade apenas nas rodovias que cortam Goiás e apenas nesse ano, que mal começou. Um terço dessas infrações foram registradas no trecho entre Anápolis e Brasília, onde o motorista estabeleceu um novo recorde de velocidade na rodovia.

É preciso lembrar que automóveis que circulam acima dos limites de velocidade estabelecidos para cada via podem causar acidentes graves, que podem causar danos não só nos motoristas e nos demais ocupantes do veículo, como também em passageiros de outros carros ou pedestres que transitam nas calçadas.

Exatamente por isso que é importante andar na velocidade correta. Assim você garante a sua segurança e também a dos outros.

Deixe um comentário