Home Política Thiago Peixoto abre diálogo com empresários

Thiago Peixoto

JOÃO AQUINO

Especial para o JE

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Thiago Peixoto, iniciou por Anápolis uma série de visitas a entidades municipais que representam o setor produtivo goiano. Ele esteve na quarta-feira (16) na Acia e prometeu avanços em alguns setores estratégicos para a cidade.

“Nós temos algumas questões estratégicas aqui, importantes para Anápolis. A primeira delas é o centro de convenções, que vai ter condições de movimentar bem a nossa economia com eventos de turismo. É uma obra que ficou paralisada por um período de tempo, mas que foi retomada nos últimos dias”, disse o secretário.

Para Thiago Peixoto, outras ações importantes em Anápolis são a plataforma logística e o aeroporto de cargas. “Até o ano passado, existia um conceito de que esses dois projetos tinham que caminhar juntos. Chegamos a ter uma data marcada para a licitação desses dois empreendimentos, onde se ia fazer a concessão da plataforma e do aeroporto, só que ao ter um diálogo com os possíveis investidores, nós percebemos que, dado à crise, não era o momento de fazer esse tipo de concessão”, explicou o titular da SED.

O presidente da Acia, Anastacios Apostolos Dagios, disse que o encontro se tratava de uma “reprise” das reivindicações levadas ao

Governo do Estado em outubro do ano passado. “Vocês estão lembrados que nós reunimos 35 empresários e fizemos uma reunião com o governador Marconi Perillo e levamos uma pauta de 10 reivindicações, que vamos chamar de preocupações. Estávamos preocupados, pois Anápolis estava estagnada. O que vamos questionar ao secretário é se com a mudança na secretaria, agora vai? Nossos pleitos serão atendidos? É o que nós vamos questionar hoje”.

Durante a conversa com os empresários anapolinos, com a presença do prefeito João Gomes (PT), Thiago Peixoto afirmou que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico tem o DNA de Anápolis, pela presença dos superintendentes Victor Hugo de Queiroz (Indústria e Comércio), Luiz Medeiros (Comércio Exterior) e Willian Leyser O’Dwyer (Superintendente Executivo de Comércio Exterior), que além de representarem Anápolis na SED, também, com exceção de Victor Hugo, já foram secretários de Indústria e Comércio, bem como Ridoval Chiareloto e Alexandre Baldy, sempre com o aval da Acia.

Thiago Peixoto saudou o prefeito João Gomes pela relação republicana e altamente produtiva que mantém com o Governo de Goiás, principalmente neste momento de crise econômica do Brasil, reflexo da crise política. Uma dessas parcerias é na criação dos Daia 2 e Daia 3, com a participação decisiva da iniciativa privada, onde serão abrigadas novas empresas e o Parque Tecnológico de Anápolis.

O secretário Thiago disse ainda que a vinda dos novos aviões caças adquiridos pela Força Aérea Brasileira da sueca SAAB, os Gripen NG, para a Base Aérea de Anápolis, suscitou a ideia de transformar a cidade em um polo da indústria de defesa, por sugestão do professor de Harvard Mangabeira Unger, inclusive para oferecer os serviços de manutenção aos novos aviões, que não encontram esse tipo de serviço nem no Brasil, nem na América Latina. O objetivo é induzir toda uma rede de empresas do setor, com preferência para instalação no entorno do Aeroporto Internacional de Cargas de Anápolis, que tem uma pista ideal para pousos e decolagens de aviões cargueiros, mas também de supersônicos.

Os empresários presentes também questionaram o secretário Thiago sobre a legalização da área do Daia; a conclusão do Anel Viário do distrito; a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto; o andamento para a aquisição da licença ambiental do Distrito e, um problema mais recente, sobre a segurança dos trabalhadores e trabalhadoras, que estão sendo assaltados nos pontos de ônibus e, segundo um empresário, houve casos até de atentado violento ao pudor contra as mulheres, funcionárias das indústrias do Daia.

Deixe um comentário