Ad
Home Últimas Notícias Governador Marconi Perillo anuncia série de medidas após atentado em Itumbiara

Fernanda Morais

Assim que tomou conhecimento do atentado em Itumbiara, que feriu o vice-governador José Eliton (PSDB), e matou o candidato a prefeito pelo PTB na cidade, José Gomes (PTB), Marconi Perillo (PSDB), pediu que quatro providências fossem tomadas de imediato para colaborar com a elucidação do caso.

Em primeiro lugar ele informou o estado de saúde de José Eliton aos presidentes da Assembleia Legislativa, deputado estadual Helio de Sousa (PSDB), do Tribunal de Justiça, desembargador Leobino Chaves Valente, e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO), desembargador Kisleu Dias Maciel Filho, e ao procurador-geral de Justiça (MP-GO), Lauro Machado Nogueira.

Em seguida ele colocou o Governo do Estado de Goiás inteiramente à disposição dos presidentes da Assembleia Legislativa, do Tribunal de Justiça de Goiás, do Tribunal Regional Eleitoral e procurador-geral de Justiça para a adoção de quaisquer medidas relativas ao atentado eventualmente definidas e determinadas por essas instituições.

Marconi Perillo também determinou que o comandante-geral da Polícia Militar do Estado de Goiás, coronel Divino Alves de Oliveira, e o delegado-geral da Polícia Civil do Estado de Goiás, Álvaro Cássio dos Santos fosse de imediato para Itumbiara com o objetivo de acompanhar de perto as investigações para esclarecimento mais rápido possível do atentado.

Por fim o governador recomendou que o presidente da Assembleia Legislativa, Helio de Sousa, assumisse o comando do Poder Executivo até o seu retorno a Goiás previsto para acontecer na tarde desta quinta-feira (29). A previsão é que Marconi chegue a Goiânia por volta das 16 horas de hoje. Por conta do atentado ele antecipou sua volta ao Brasil. O governador estava, desde a semana passada, em uma missão comercial que se iniciou no Canadá e terminaria no próximo sábado (1º) nos Estados Unidos.

Deixe um comentário