Ad

joao_gomesO prefeito de Anápolis, João Gomes (foto), do PT, reuniu seu secretariado e auxiliares mais próximos nesta segunda-feira (31/10) para dar início à transição de poder para o prefeito eleito Roberto Naves (PTB). O petista prometeu uma passagem de comando “sadia” e “sem traumas”.

“Vamos montar uma equipe de transição eficiente e entregar a cidade organizada ao Roberto”, disse João Gomes. Ele afirmou ainda que não torcerá contra a futura gestão, pois ama Anápolis.

João frisou que pediu à sua equipe que cuide da cidade até dia 31 de dezembro, pois esse é o papel a ser cumprido a partir de agora. O prefeito afirmou que tem mais de dez obras para serem inauguradas ainda este ano, além do compromisso de dar posse a aprovados em concursos públicos.

João Gomes comentou que a vitória de Roberto Naves não significa sua derrota. Em mais uma avaliação do resultado das urnas, o prefeito afirmou que sua gestão e de Antônio Gomide não errou em Anápolis, mas acabou pagando a conta de um desgaste nacional do Partido dos Trabalhadores que não tinha haver com o cenário local. “Houve um levante anti-PT”, ressaltou.

Deixe um comentário