Ad
Home Últimas Notícias Anápolis tem quatro assassinatos registrados no período de 24 horas

whatsapp-image-2016-11-07-at-12-15-32ANA CLARA ITAGIBA

Quatro pessoas foram mortas de forma violenta nas últimas 24 horas em Anápolis. As vítimas são homens, três deles foram mortos por arma de fogo e um por golpes de arma branca. O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) está trabalhando para descobrir qual a motivação dos crimes.

O primeiro homicídio aconteceu por volta do meio-dia desta segunda-feira (7/11) na Avenida Mato Grosso, no Bairro Jundiaí (foto). Rodrigo Martins estava parado no semáforo, quando dois indivíduos desceram de um carro e efetuaram disparos contra ele. Segundo o GIH, foi encontrado cerca de R$ 30 mil no carro da vítima e há a possibilidade de que os suspeitos estavam atrás do dinheiro. Rodrigo portava documentos falsos e já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas no Mato Grosso do Sul.

whatsapp-image-2016-11-07-at-22-05-21O segundo caso foi de um cadáver, encontrado boiando no córrego Riboleira, na Vila Norte (foto). Segundo o GIH, a vítima, que ainda não foi identificada, morreu por golpes de arma branca. A princípio os peritos não souberam dizer há quanto tempo o crime havia acontecido.

Algumas horas depois, a terceira morte foi registrada no setor Santo Expedito. Weber de Freitas Gomes, de 21 anos, estava dormindo com a esposa quando duas pessoas entraram na sua casa e efetuaram vários disparos contra ele, por volta das 23h30. A mulher da vítima não soube dar detalhes dos assassinos.

A quarta morte registrada aconteceu pouco depois da meia-noite, já no início da madrugada de terça-feira (8/11), no Alto da Bela Vista. Moisés Freire de Sá Filho era cadeirante e tinha 50 anos. Ele estava no interior do seu bar quando uma pessoa o chamou do lado de fora. Quando saiu, a pessoa atirou contra ele e foi embora. A polícia encontrou porções de entorpecentes no local. Há a suspeita de que o ponto funcionava para tráfico de drogas.

Deixe um comentário