Ad
Home Últimas Notícias Feriadão: PRF flagra 1,6 mil veículos em excesso de velocidade na BR-060

br-060Do dia 11 a 15 de novembro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a Operação Proclamação da República. O objetivo era intensificar o policiamento devido ao feriado prolongado, coibir infrações de trânsito e evitar acidentes. Foi o primeiro feriado após as alterações nos valores das multas.

No trecho que diz respeito à 2ª Delegacia da PRF de Anápolis, que se refere às BRs 153, 414, 060 e 070, foram registrados seis acidentes sem vítimas, seis acidentes com feridos, sendo que nove pessoas ficaram feridas. Foram feita 1.760 imagens de radar e 354 pessoas foram paradas em ações de educação no trânsito.

Segundo o balanço da PRF, 266 pessoas fizeram teste de alcoolemia. Nove condutores tiveram a CNH recolhida e 15 tiveram o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) apreendido.

De acordo com a PRF, não será possível realizar comparação com o ano anterior devido ao fato de este feriado ter caído no domingo.

Na BR-060, no Km 78, na tarde de quarta-feira (15/11), 1672 veículos foram flagrados em excesso de velocidade. Chamaram a atenção motociclistas trafegando entre 190 e 200 km/h, caminhonetes e carros de passeio a 160 km/h e até um caminhão a 123 km/h. A velocidade máxima permitida no local era de 110 km/h para veículos leves e 90 km/h para pesados.

Goiás
Nas rodovias estaduais, foram registrados 56 acidentes, que deixaram 46 pessoas feridas e três mortes. Durante os cinco dias foram fiscalizados 5.142 veículos, sendo lavradas 5.966 autuações. A o Batalhão Rodoviário da PM autuou 2254 motoristas por excesso de velocidade.

As infrações que mais chamaram a atenção foram as ultrapassagens em locais proibidos e de condutores ou passageiros sem o cinto de segurança. Cerca de 188 motoristas foram autuados por ultrapassagens em locais proibidos. Os condutores ou passageiros sem o cinto de segurança chegaram a 208.

Houve recorde de embriaguez do ano em Goiás. Foram realizados 1986 testes de etilômetro, sendo que 24 pessoas foram autuadas por dirigirem embriagadas. O índice mais alto entre os embriagados foi de 1,75 mg/l – recorde no ano e terceiro maior da série histórica de dez anos.

Deixe um comentário