Ad
Home Últimas Notícias #TodosPelaRafa: campanha tenta achar doador de medula óssea para menina de 8...

rafaFERNANDA MORAIS

A campanha #TodosPelaRafa está cada vez mais presente nas redes sociais. Os pais da menina de apenas oito meses, diagnosticada com leucemia no dia 11 de novembro, criaram uma página no Facebook para mobilizar pessoas na busca de um doador de medula óssea para salvar a vida da criança.

Quem quiser ajudar, pode colaborar com uma campanha que será realizada nos dias 2 e 3 de dezembro no Instituto Onco-Hematológico em Anápolis, das 9h às 16h. O procedimento é simples. É feita uma coleta de 5 ml de sangue, esse material é analisado para saber se é compatível ou não com o paciente. O instituto Onco-Hematológico está localizado na Rua Washington de Carvalho, 155 Centro de Anápolis.

O doador deve ter idade entre 18 e 55 anos, estar saudável. É exigido apresentação de documentos pessoais e comprovante de endereço para efetivação do cadastro no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).

O Redome foi criado em 1993, em São Paulo, para reunir informações de pessoas dispostas a doar medula óssea para quem precisa de transplante. Desde 1998, é coordenado pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), no Rio de Janeiro.

Com mais de 3.700 milhões de doadores cadastrados, o Redome é o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo e pertence ao Ministério da Saúde, sendo o maior banco com financiamento exclusivamente público. Anualmente são incluídos mais de 300 mil novos doadores no cadastro do Redome. O registro americano conta com quase 7,9 milhões e o alemão, com cerca de 6,2 milhões. Ambos foram desenvolvidos e são mantidos com recursos primordialmente privados.

Deixe um comentário