Home Opinião Uma transição para o futuro de Anápolis | por João Aquino

A eleição do empresário Roberto Naves (ou Roberto do Órion, como queiram), representa uma nova fase da política em Anápolis, pois, ele chega à prefeitura de Anápolis sem nenhum ranço que o obrigue a fazer concessões e negociatas espúrias para compor sua equipe. Porém, numa cidade com problemas tão complexos, como é o caso da nossa cidade, o chefe do Executivo precisa sinalizar claramente para os agentes políticos em exercício de mandatos nos demais níveis de poder, visando à celebração de parcerias que possam aumentar a eficiência e efetividade da administração municipal. Pelos seus primeiros movimentos, tanto localmente quanto em Goiânia e em Brasília, esta parece ser a visão do prefeito eleito Roberto Naves.

Anápolis já viveu momentos melhores economicamente e passa, por não ser uma ilha de prosperidade em meio à crise econômica nacional, por uma elevação preocupante do desemprego, da falta de investimentos privados, pelo desaquecimento do comércio e, consequentemente, por uma queda vertiginosa em sua arrecadação, causando lentidão, paralisação ou o adiamento do início de importantes serviços e obras para a cidade, que está a reclamar uma sacudida em suas bases econômicas e administrativas, para que retome o seu promissor caminho rumo ao futuro.

Uma nova administração traz a possibilidade de mudanças de paradigmas e renova em todos os munícipes o desejo de que o novo prefeito e seus secretários estejam focados não só em obras físicas, que são importantes, mas não são tudo para as pessoas, que também querem emprego, renda, segurança, saúde, educação, serviços de qualidade e, sobretudo, motivos para confiar nos gestores do dinheiro público que, por mais escasso que seja, é o suor de cada trabalhador e contribuinte compulsório.

Portanto, é louvável a forma democrática, republicana e amiga em que se faz a transição administrativa na prefeitura, comandada com a sabedoria e seu amor por Anápolis pelo prefeito João Gomes, que abre as portas, janelas e todas as salas da prefeitura para a chegada da nova política, que tem no prefeito eleito Roberto Naves a legitimidade para ser implantada e fazer o que a população anapolina quer, precisa e merece.

Deixe um comentário