Ad
Home Últimas Notícias Gerente da Saneago em Anápolis é notificada por crime de poluição ambiental

Luana Cavalcante

Na manhã desta terça-feira (10/1) a gerente da Saneago em Anápolis, Tânia Valeriano, foi presa em flagrante pelo crime de poluição ambiental. O delegado do Meio Ambiente em Anápolis, Manoel Vanderic, constatou que uma tubulação nas proximidades do Residencial Veneza há cerca de 30 dias jorra esgoto no Córrego Reboleira e que deságua no rio Piancó, principal fonte de abastecimento da cidade.

Por se tratar de um crime de menor potencial ofensivo, ou seja, a pena é no máximo de dois anos, Tânia Valeriano prestou esclarecimentos, assinou um termo de compromisso que vai realizar medidas para solucionar o problema, e foi liberada.

O Ministério Público já havia notificado a Saneago desde o dia do rompimento, 30 de dezembro. O delegado Manoel Vanderic explicou que a Saneago Anápolis já havia informado a diretoria de Goiânia, mas que até o momento nada foi feito.

“A Tânia Valeriano responde pela entidade, por isso, tomamos essa medida. O interesse principal é cessar o dano e ela se comprometeu em resolver esta questão e mostrar os documentos para provar que os problemas tinham sido relatados”, falou o delegado do Meio Ambiente.

A gerente da Saneago em Anápolis, Tânia Valeriano, esclarece que todas as medidas para resolver o processo erosivo que resultou no rompimento da tubulação foram feitas. “Licitamos um projeto para fazer as obras, mas a erosão cresceu rapidamente então o processo foi cancelado e voltou para a análise. Até fevereiro os reparos devem ser concluídos”, detalhou.

Deixe um comentário