Ad
Home Últimas Notícias Servidor do Detran de Anápolis é afastado do cargo após denúncia de...

LUANA CAVALCANTE

Segundo o Ministério Público de Goiás (MP-GO), o servidor Jô Branco Machado, funcionário do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) em Anápolis, foi afastado, do seu cargo, neste mês de janeiro, após denúncia de corrupção passiva.

Segundo a apuração do MP-GO, o crime aconteceu em fevereiro do ano passado, quando uma motorista foi esclarecer que a multa de trânsito que ela recebeu por conduzir seu veículo sem o devido licenciamento foi registrada na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) provisória da filha, proprietária do automóvel.

O funcionário Jô Machado fez o atendimento, alertou a possibilidade de a filha perder a CNH provisória e disse que pela quantia de R$ 700 ele faria a transferência de pontos da CNH entre o proprietário do automóvel e o real condutor que deveria ser paga à vista, em dinheiro e diretamente para ele.

A condutora desconfiou da atitude do funcionário, comunicou o fato à polícia, que prendeu o servidor público em flagrante, no momento em que o pagamento seria feito.

Ele foi denunciado pelo promotor de Justiça Publius Lentulus Alves da Rocha, e ao receber denúncia oferecida pelo Ministério Público de Goiás, o juiz Ricardo Silveira Dourado determinou o afastamento cautelar.

Ao analisar a necessidade da medida de afastamento, o magistrado ponderou que “na medida em que o delito foi cometido justamente no exercício da função, há sério risco de que, caso permaneça atuando no referido órgão público, venha a perseverar na conduta delituosa ou propiciar a obstrução de provas, dificultando assim a persecução penal”.

O funcionário deverá ficar afastado do cargo até a definição da sentença ou eventual surgimento de fatos novos.

Deixe um comentário