Ad
Home Últimas Notícias Projeto quer que prédios públicos municipais sejam só pintados de azul, amarelo...

FERNANDA MORAIS

lelioO vereador Lélio Alvarenga (foto), do PSC, protocolou projeto de lei, na Câmara Municipal, que define como cores oficiais da Prefeitura de Anápolis o azul, o amarelo e o branco. As três compõem a bandeira da cidade.

Lélio aponta que outros municípios do Brasil já implantaram a ideia que traz economia aos cofres públicos. “Quando se troca um governo o costume é pintar os prédios públicos. Padronizando as cores, esse gasto desnecessário será evitado”, justificou o vereador.

BandeiraLélio disse que pretende conversar com prefeito Roberto Naves (PTB) sobre o projeto, antes que a matéria seja colocada em discussão nas sessões ordinárias que se iniciam a partir do dia 6 de fevereiro. “Os prédios particulares locados pela prefeitura também são alcançados pela propositura na medida em que houver a necessidade de serem reformados”, acrescentou o vereador.

Projeto semelhante foi reprovado em 2013

Em 2013, o então vereador Sargento Pereira Júnior (PSL) – hoje diretor municipal de Fiscalização e Posturas – apresentou projeto de lei semelhante ao de Lélio Alvarenga. A matéria acabou arquivada. Na época a ideia era tornar cores oficiais o azul e o amarelo, também para serem utilizadas nos prédios públicos.

Na justificativa de sua propositura, Pereira incluiu ainda que os uniformes distribuídos pela prefeitura também deveriam ser padronizados. “É uma forma de impedir que cada mandato de chefes de Executivo e Legislativo eles adotem cores selecionadas de acordo com suas preferências, acarretando despesas indevidas”, disse.

Pereira excluiu da exigência os imóveis que demandava cores especiais em normas nacionais ou internacionais, obras ou bens tombados como patrimônio histórico e cultural e órgãos administrados diretamente pelo Estado ou pela União.

Deixe um comentário