Ad
Home Últimas Notícias Vereadores conseguem inspeção do Depen no novo presídio e mais 5 viaturas

Ana Clara Itagiba

Os vereadores anapolinos se dividiram em dois grupos para se reunirem com autoridades para discutir a transferência dos presos da Penitenciária Odenir Guimarães (POG), de Aparecida de Goiânia, para Anápolis no dia 23 de fevereiro deste ano. Um grupo com nove parlamentares foi à Goiânia e o outro com cinco foram à Brasília, na tarde desta quinta-feira (23.mar.17) expor para as autoridades competentes a situação carcerária do município.

Brasília
Em Brasília, os vereadores membros da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania se reuniram com a diretora geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Marlene Inês da Rosa. “O departamento não tinha ciência disso e estamos recebendo com bastante preocupação o que nos foi relatado. De imediato determinamos que haverá uma inspeção nas duas unidades envolvidas para vermos em que condições as pessoas presas se encontram”, disse a diretora do Depen.

Segundo Marlene, depois dessa visita, a equipe de inspeção fará as devidas orientações a todos os envolvidos. “O Depen fiscaliza as condições das pessoas presas e faz o repasse de recursos aos estados. Nesse sentido, também fiscalizamos de que forma os recursos federais estão sendo aplicados nos estados” explicou.

A presidente da Comissão, a vereadora Vilma Rodrigues (PSC), disse que a visita contribuirá bastante para a resolução do problema. “Uma situação gravíssima e ninguém sabia. As pessoas que podem interferir no problema nem tinham conhecimento do fato. A partir dessa visita nós tivemos o propósito da parte deles de que isso vai mudar. Eles se mostraram interessados em resolver isso” afirmou a parlamentar.

Além da visita ao Depen, a Comissão de Diretos Humanos da Câmara Municipal de Anápolis, foi ao gabinete da senadora Lucia Vânia (PSB) e do deputado federal Rubens Otoni (PT). Ambos se colocaram a disposição para solucionar o problema.

Goiânia
O grupo que foi à Goiânia se reuniu com o secretário de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO), Ricardo Balestreri, e o superintendente Executivo de Segurança Pública, coronel Edson Costa Araújo. Durante o encontro, os vereadores cobraram de forma mais efetiva a retirada dos detentos da POG do novo presídio de Anápolis. Mas a resposta não foi a esperada. Balestreri não deu nenhuma previsão de data para o retorno.

“Esse problema surgiu porque estávamos tentando resolver emergencialmente algo que ameaçava o conjunto do Estado. Nós também representamos a população, os interesses são os mesmos. Só que a estrutura do sistema penitenciário é de 60 anos de atraso e o Governo Federal não ajuda”, disse o secretário.

Apesar de não haver data definida para o regresso, os vereadores conseguiram fazer alguns acordos com a SSP-GO. “O coronel Edson fez o compromisso de não usar mais viaturas de Anápolis para a segurança do presídio. Os policiais vão continuar auxiliando lá, mas as viaturas vão voltar para a segurança do município. Ao todo temos seis viaturas, o que é muito pouco. Agora eles disseram que nos próximos 30 dias vão reforçar o policiamento com mais cinco viaturas”, revelou o presidente da Câmara Municipal de Anápolis, Amilton Filho (SD).

Deixe um comentário