Home Opinião Feriado dá lucro? | por Marcio Sousa

Uma das primeiras coisas que a maioria dos brasileiros faz a cada começo de ano é examinar o calendário e marcar quantos e quais feriados teremos no decorrer dos próximos 365 dias. Somente neste mês de abril, foram dois. Daqui a alguns dias será 1º de maio, também feriado. São dias sem trabalho em praticamente quase todos os meses do ano, sem incluir os feriados locais, a exemplo do Dia dos Servidores Públicos, os denominados pontos facultativos, o da padroeira e do aniversário da cidade.

Nós até criticamos e enumeramos os prejuízos: a perda no comércio, na indústria e nos órgãos públicos. Esse tipo de reclamação já virou bordão e, como gostamos de analisar prejuízos e criticar, é fácil encontrar em cada cidadão uma reclamação.

Certa vez ouvi um importante dito popular: “enquanto uns choram, outros vendem lenços”. Muitos aproveitam as oportunidades e faturam com as folgas da maioria. O descanso pode virar um bom negócio para donos de hotéis, que tem aumento significativo nestes períodos. Donos de postos de combustíveis também vendem mais, pois muitos se propõem a viajar a cada feriado. Aí entram na conta o pedágio na rodovia, áreas de estacionamento, acesso a clube e pousadas. Sem falar que poucos utilizam as suas cozinhas e dão lucros aos donos de restaurantes e lanches. Há ainda os shows e demais apresentações artísticas, a bilheteria dos cinemas, com o consumo de pipocas e refrigerantes, e os passeios feitos com crianças, que sempre mexem nos bolsos e bolsas de pais e mães.

Aliás, são nos feriados que muitos podem gastar um pouquinho de seus esforços do árduo trabalho, que desempenham no dia a dia. Precisamos entender que os feriados causam sim um impacto na economia, forçam o giro. Portanto, nem tudo são espinhos, existem belas flores, só depende do ângulo em que estamos olhando: prejuízo ou lucro?

Precisamos ser mais otimistas, tornar cada momento único. Enquanto muitos buscam descanso, outros se aproveitam destas oportunidades. Pense nisso…

Deixe um comentário