Ad
Home Últimas Notícias Câmara Municipal de Anápolis responde concessionária Urban em nota nas rádios

A Câmara Municipal de Anápolis divulgou comunicado em rádios da cidade nessa última semana sobre seu posicionamento em relação à Urban e a necessidade de debate visando a qualidade do transporte coletivo na cidade. Vereadores reclamaram por diversas vezes na tribuna que a empresa concessionária teria ofendido o Legislativo ao dizer que ele estava fazendo “cortesia com chapéu alheio” ao propor mais gratuidades ao sistema.

Confira a íntegra da nota da Câmara Municipal:

Vivemos uma democracia consolidada. Isso significa que todos os nossos representantes são escolhidos pelo voto. E em uma sociedade justa e séria – e é isso que almejamos sempre – nada tem mais força do que a decisão do povo. A Câmara Municipal é fruto disso: ela é formada por homens e mulheres escolhidos pela sociedade para representá-la em interesses coletivos.

O Poder Legislativo existe para elaborar leis, fiscalizar atos do Executivo e representar a população. Cada vereador carrega em seu mandato a missão de captar os anseios da comunidade e lutar para que eles sejam atendidos. Nenhum clichê ou frase de efeito dito pelos outros em anúncios na mídia, no sentido de desmerecer essa verdade, tem ou terá efeito em Anápolis.

É preciso deixar bem claro que o transporte coletivo não pertence a um grupo. Trata-se de um serviço público, portanto, que interessa a todos. Logo, se diz respeito à população, diz respeito à Câmara Municipal. E o Poder Legislativo anapolino não abre mão de fiscalizar, exigir e propor mudanças a qualquer tempo e hora em um setor que atende milhares de pessoas diariamente.

Para a Câmara Municipal, cidadãos são cidadãos, e não números em planilhas. Portanto, ouvi-los em suas demandas é essencial. É bom que fique claro: vereador algum irá aceitar que qualquer concessionária de um serviço público desrespeite ou tente desmerecer o Poder Legislativo. Seria o mesmo que ignorar a vontade das urnas, a escolha legítima feita através do voto.

Todos os projetos de lei nascem de uma manifestação popular. Muitos surgem para corrigir injustiças e garantir direitos, ou gratuidades, a quem tem pouco. Isso não tem preço.

É tempo de diálogo, de apaziguar ânimos e de se fazer debates usando a verdade e ouvindo com respeito todos os lados. A Câmara Municipal é firme na defesa do povo e democrática em abrigar todas as vertentes de uma sociedade plural. Afinal, estamos todos a bordo de uma única cidade, que é Anápolis.

Deixe um comentário