Ad
Home Últimas Notícias Acia expõe projeto de criação de polo de indústrias bélicas para generais...

LUANA CAVALCANTE
(com reportagem de Ana Clara Itagiba)

A Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia) recebeu, nesta segunda-feira (22.mai.17), oficiais generais do Exército brasileiro, como parte do esforço da entidade em conseguir para a cidade a criação de um polo de indústrias bélicas.

O presidente da Acia, Anastacios Apostolos Dagios, recebeu os generais na sede da Acia e mostrou todas as reivindicações dos empresários. “O pedido mais urgente é o apoio para a realização do seminário em agosto deste ano. O governo federal tem o objetivo de fazer esse polo e queremos mostrar que Anápolis tem potencial”, ressaltou.

Participaram da reunião o general de Divisão, Luiz Carlos Pereira Gomes, comandante da 11ª Região Militar; o general de Brigada Riyuzo Ikeda, comandante da 11ª Região Militar; o general de Brigada Sérgio Schwingel, comandante do Comando de Operações Especiais. Representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do município também estiveram presentes.

Dentre as características apresentadas durante a reunião, foram mostradas as estruturas do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), do Porto Seco e os incentivos fiscais existentes em Goiás para novas indústrias. Os empresários ressaltaram ainda a presença de universidades que permitem a formação de mão de obra qualificada para a área bélica.

A Acia defende que a cidade pode ser um polo da indústria de materiais de defesa e de segurança. Um exemplo é o lançamento da pedra fundamental da Caracal Internacional LLC em Anápolis, em abril deste ano.

O general de Divisão, Luiz Carlos Pereira Gomes, disse que aproveitou a viagem ao Tiro de Guerra de Anápolis e também a Goiânia para conhecer as demandas da Acia. Ele concorda que é preciso conhecer as potencialidades das cidades que tem a responsabilidade de proteção nacional.

“O Planalto engloba os estados de Tocantins, Goiás, Triângulo Mineiro e o Distrito Federal. Todas as iniciativas que temos de conhecer essa potencialidade é importante para contribuir com esse desenvolvimento”, pontuou o general Luiz Carlos Pereira Gomes.

O superintendente executivo da Secretaria de Governo, coronel Adailton Florentino do Nascimento, acredita que Anápolis possa conseguir esses investimentos. “Temos o apoio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico que vai ajudar a concretizar o seminário e a partir daí ajudar a formatar a indústria de armamentos”, falou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Turismo, Vander Lúcio Barbosa, comentou que a administração municipal está empenhada a reativar a economia do município. “Nós vamos participar desses estudos porque acreditamos no projeto. A cidade oferece todas as condições que a indústria da segurança precisa”, observou.

Deixe um comentário