Ad
Home Últimas Notícias Jovem de 27 anos relata detalhes do assassinato dos próprios pais em...

JULIANNE TAVARES
Especial para o JE Online

Em entrevista ao Portal do Valle, o delegado Glênio Ricardo contou detalhes da prisão de Marcos Antônio da Silva, 27 anos, acusado de matar os pais em Jaraguá.

Marcos é acusado do assassinato dos pais, José Antônio da Silva e Sirlene Ferreira da Silva, depois de um desentendimento por uso de drogas.

Na entrevista dada ao veículo de comunicação de Jaraguá, o delegado disse que Marcos sofreu um acidente na BR-153 e foi resgatado pela Polícia Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros.

A sola do sapato de Marcos chamou a atenção dos policiais, por ter o formato idêntico à pegada formada no chão com o sangue do casal morto. Por isso, Marcos foi encaminhado à delegacia para prestar depoimento.

No interrogatório na segunda-feira (23.out.17), o jovem contou o crime com riqueza de detalhes. Disse que ao chegar em casa no domingo (22.out.17), por volta das 6h, tinha passado a noite toda usando cocaína. Marcos disse que nunca tinha usado drogas antes.

Marcos contou que discutiu com os pais assim que chegou. Ao meio-dia tiveram outra discussão e segundo o jovem, José Antônio lhe deu um soco na sua boca. Ele então revidou, batendo na nuca do próprio pai, que caiu desmaiado. Em seguida a mãe, que estava no quarto, foi socorrer o marido e levou um soco do filho e também perdeu a consciência.

O delegado informou que o acusado disse ter praticado os homicídios entre 12h e 13h. Marcos levou a mãe para o quarto e bateu sua cabeça no chão até sentir seu crânio rachar. Fez a mesma coisa com o pai, mas não satisfeito, ainda usou uma pedra para golpear a cabeça de José Antônio. Por fim, para certificar a morte, o jovem ainda esfaqueou o pai na garganta.

Após o crime, Marcos disse que saiu de casa para comprar um lanche. Ele voltou e se trancou em casa com os corpos dos pais. O irmão ligou no celular dos pais e, preocupado por eles não atenderem, ligou para Marcos, que deu uma desculpa dizendo que José Antônio e Sirlene estavam em uma fazenda.

Marcos disse que por diversas vezes durante à tarde pegou o carro e foi à rodovia, com o intuito de tentar suicídio, mas não teve coragem. Em um dos retornos a casa, ele viu de longe o irmão chegando, depois correndo para pedir socorro e a aglomeração de pessoas.

Em uma nova tentativa de suicídio, o pneu do carro de Marcos acabou estourando e ele bateu na lateral de dois caminhões.

Segundo o médico legista que periciou os corpos, a mãe do acusado não sofreu abuso sexual, como chegou a ser dito em Jaraguá. A suspeita surgiu porque a mulher foi encontrada seminua.

O delegado disse que Marcos tem se mostrado arrependido, como se a “ficha ainda estivesse caindo”.

Para a Polícia Civil o caso está encerrado, pois não há dúvida da autoria do duplo homicídio. Esperam-se alguns laudos e diligências para fechar o inquérito e remetê-lo ao Poder Judiciário.

Deixe um comentário