Home Esportes Anapolina ainda sem notícias de comissão técnica e atletas para temporada de...

Diretoria dedica tempo às questões burocráticas e, após um mês da eleição, clube não tem novidades sobre comissão e jogadores

ORISVALDO PIRES

A nova diretoria da Associação Atlética Anapolina, eleita e empossada há mais de um mês, ainda tem dificuldades para externar seu planejamento estratégico para o primeiro ano de mandato e continua sem qualquer informação concreta sobre a montagem do grupo de jogadores para a disputa do Campeonato Goiano de 2018.

Neste período de mais de trinta dias a cúpula colorada tem se envolvido quase que totalmente com situações burocráticas e jurídicas. No contato com o torcedor, por meio dos veículos de comunicação, as declarações ainda são inconsistentes sobre possíveis contratações de comissão técnica e jogadores.

Nos bastidores as notícias que são colhidas revelam que alguns dirigentes, especialmente o presidente do Conselho Deliberativo, Pedro Canedo, fazem contatos com empresários ligados ao clube, para que se tornem patrocinadores ou façam a intermediação com outros potenciais parceiros.

Em pouco mais de quatro semanas o clube já demitiu alguns funcionários, o que provoca necessidade de acertos trabalhistas. Ao mesmo tempo, tem que arcar com os custos para manter as equipes sub 17 e sub 19 na disputa das competições ora em andamento.

O proprietário da Universidade Alfredo Nasser (Unifan), professor Alcides Ribeiro Júnior, que desde a gestão Leandro Ribeiro fez parceria com a Anapolina e patrocina as categorias de base, ganhou força com a eleição de seu colaborador, o ex-atleta Paulo Nelli, para a presidência executiva do clube.

Esta semana, Alcides revelou que, para 2018, tem interesse em aumentar o patrocínio e a dimensão de seu projeto na Xata, mas desde que consiga unir os três grupos que segundo ele representam a Anapolina na atualidade.

Segundo ele, os grupos são representados pelo atual presidente do Conselho, Pedro Canedo; o ex-presidente, Leandro Ribeiro; e o deputado estadual Carlos Antônio de Souza. Segundo professor Alcides, caso não consiga unificar o pensamento destes grupos, pode deixar de apoiar o clube e abdicar de seus projetos na Anapolina para 2018.

Há quem diga que, para alcançar esta pacificação, nomes que compõem a nova diretoria poderiam ser convidados a se afastar de seus postos.

CONSELHO
A Federação Goiana de Futebol anunciou para o dia 6 de novembro, às 9 horas, em Goiânia, a realização do conselho técnico para definir regulamento e fórmula de disputa do Campeonato Goiano do ano que vem. A tabela da competição deve ser divulgada logo em seguida.

No entanto, a diretoria ainda não divulgou oficialmente qualquer informação sobre contratação de componentes da comissão técnica e negociações com atletas. O presidente Paulo Nelli disse há alguns dias que a pretensão é iniciar treinamento em 5 de dezembro.

O tesoureiro do clube, Ricardo Bonfim, disse que a diretoria parte do zero para arregimentar receitas que façam frente às despesas de agora e para a disputa do Campeonato Goiano. A expectativa é que o professor Alcides anuncie um patrocínio consistente para a temporada.

O programa Torcida Premiada, da Prefeitura de Anápolis, deve ser encaminhado pelo prefeito Roberto Naves para ser votado na Câmara Municipal apenas em dezembro. O presidente do Conselho, Pedro Canedo, ainda não se pronunciou oficialmente após a eleição e posse da diretoria.

Deixe um comentário