Home Política DEM anapolino amplia a lista de pré-candidatos a deputado estadual

Turbinado pela candidatura do senador Ronaldo Caiado ao governo de Goiás, o Democratas de Anápolis tem apresentado uma lista crescente de candidaturas

MARCOS VIEIRA

Turbinado pela candidatura do senador Ronaldo Caiado ao governo de Goiás – e seu bom desempenho nas pesquisas de intenção de voto –, o Democratas de Anápolis tem apresentado, desde o ano passado, uma lista crescente de filiados dispostos a encarar a campanha de deputado estadual.

Um dos primeiros a aparecer como pré-candidato foi o diretor da Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT), Carlos César Toledo. Antes restrito aos bastidores, presidente do DEM por vários anos, ele sempre se apresentou com possível postulante, mas era mais uma atitude de estímulo interno, de puxar a fila, do que propriamente um projeto. Agora, pelas atitudes de Toledo, a candidatura parece ser para valer.

O diretor da CMTT tem falado com mais desenvoltura sobre sua provável candidatura e tem utilizado bem as redes sociais para massificar suas ações no órgão. Além disso, pode pesar para que Toledo se decida o fato de Ronaldo Caiado encabeçar a chapa majoritária. A sua ligação com o senador é antiga e por isso pode ser mais latente o desejo dele disputar sua primeira eleição quando Caiado dá um salto decisivo na sua trajetória política.

Outro nome bem cotado no DEM para a eleição de deputado estadual é do ex-vereador Miguel Marrula. O partido reconhece a sua fidelidade, pois em 2016 ele trocou o projeto de reeleição à Câmara Municipal, teoricamente menos complicado, para ser vice na chapa encabeçada por Pedro Canedo. Trata-se também de alguém já testado nas urnas, portanto com potencial de voto já conhecido.

Aparece também na lista de pré-candidatos o empresário José Odilon, um veterano em disputas eleitorais – ele persegue há vários pleitos o cargo de deputado estadual e já passou por diferentes siglas. Em 2018 pode ser uma nova oportunidade. Outro filiado, que pede espaço para ser reconhecido até mesmo dentro do DEM como possível candidato, é o empresário Josmar Moura.

Nesta última semana foi colocado oficialmente entre os cotados do DEM o médico Pedro Paulo Caiado Canedo. Em entrevista à Rádio Manchester AM, na quarta-feira (4.jan), o pai dele, o também médico e ex-deputado Pedro Canedo, disse que estava “passando a bola” para o filho. “Ele já queria [disputar] há muito tempo”, frisou.

Pedro Canedo adiantou que não há nada definitivo ainda, tanto no partido quanto do ponto de vista familiar, mas ao tornar público o desejo do filho, avançou no debate – e para quem acompanha suas declarações, sempre cautelosas, sabe que se trata de uma marcação de posição considerável.

Pedro Canedo disse que pode até existir a possibilidade de ele fazer dobradinha com o filho, como candidato a federal, mas ventilou outras combinações, citando os nomes de Carlos César Toledo, Miguel Marrula e José Odilon. “Mas não podemos ser candidatos de nós mesmos. Ronaldo Caiado, o líder maior, opinará sobre a eleição em Anápolis”, explicou.

Marconi
Questionado sobre a proximidade histórica com o governador Marconi Perillo (PSDB) e o fato de estarem em lados opostos nesta próxima eleição, Pedro Canedo disse que essa aliança – embora não haja qualquer animosidade – “faz parte do passado”. “Estive com ele por muito tempo, não tenho nada contra, mas não vejo possibilidade de me juntar ao PSDB”, frisou.

Canedo comentou ainda que é preciso pensar em Anápolis para que tenha mais representantes em Goiânia e Brasília, pois dessa forma será menos difícil trazer recursos financeiros para a Prefeitura de Anápolis. “Pensar em cinco estaduais e dois federais para que em 2022 tenhamos candidato a governador, vice ou senador. Hoje não temos essa possibilidade”.

Pedro Canedo disse ainda que as discussões sobre a aliança entre DEM e PMDB são feitas pelas principais lideranças das siglas em Goiás e salientou que caso a oposição queira ganhar a eleição, é preciso estar unida. “Precisa ser inteligente”, concluiu.

Deixe um comentário