Home Política Vereador Leandro Ribeiro, do PTB, é cotado para assumir a SED

Proposta é que caso empresário Francisco Pontes deixe a pasta, grupo reivindique permanência com Anápolis

FERNANDA MORAIS

As possíveis mudanças na composição do Governo de Goiás, que a partir de abril passa a ser comandado por José Eliton (PSDB), passarão por Anápolis. O motivo é que existe um diálogo entre os petebistas da cidade com o deputado Federal Jovair Arantes (PTB) no sentido de indicar o vereador Leandro Ribeiro (PTB) para a função de secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED), caso o empresário Francisco Pontes deixe o cargo. O vereador por sua vez confirma que, caso seja convidado, aceitará o desafio e promete trabalhar para dar continuidade ao desenvolvimento do Estado e atender as demandas da cidade.

Existe a possibilidade de assumir a SED?
Há um diálogo do PTB que caso haja uma mudança na SED, ela possa ficar não só com o PTB, mas com a cidade de Anápolis. Então realmente existe esse diálogo entre os petebistas para que essa movimentação se concretize garantindo a participação de Anápolis no Governo de Goiás através de uma secretaria tão importante para o desenvolvimento do Estado.

Esse nome do PTB pode ser o seu?
Eu sou petebista, tenho conversado bastante com o prefeito Roberto Naves, com o deputado federal Jovair Arantes, com o deputado estadual Henrique Arantes, com o prefeito de Itumbiara, José Antônio, mas quem decide e bate o martelo é nosso deputado Jovair Arantes e ele está em viagem.

Você já recebeu o convite?
Não. Na verdade existe o diálogo entre os petebistas em relação a essa possibilidade de mudanças no Governo do Estado e nós estamos pleiteando que essa secretaria permaneça com uma pessoa de Anápolis.

Caso seu nome seja realmente indicado para o cargo, qual seu interesse em assumir a função de secretário de Estado?
É um grande desafio, mas nossa vida é pautada por grandes desafios. Se nós tivéssemos o privilégio de ser indicado e ter o aval do deputado Jovair, do prefeito Roberto e de todos os outros petebistas, seria ótimo. Só de ter o nome lembrado já é importante. Nós iríamos com maior prazer colaborar com o Governo de Goiás, com a gestão de José Eliton.

Mesmo sendo por um período tão curto?
Eu acho que 10 meses é muito tempo. Mas, na minha opinião, o mais importante é a preocupação com a permanência da SED com um representante de Anápolis. A nossa cidade é pujante, precisa garantir seu crescimento e desenvolvimento econômico, atrair empresas e indústrias, aumentar o índice de empregos. Então considero a possibilidade como um grande desafio.

Na última sexta-feira foi divulgado que as lideranças petebistas de Goiânia também estão reivindicando a SED, indicando o nome do ex-deputado federal Luiz Bittencourt para a função. Como fica a situação?
É verdade. O Luiz Bittencourt já foi deputado federal, é um grande político e tem muita influência, mas sabemos o carinho que o deputado federal Jovair Arantes tem por Anápolis. O prefeito Roberto está tendo o cuidado de trabalhar para que essa secretaria seja mantida com a cidade. Então estamos apenas observando esse contexto atual político e esperamos que, se o Francisco Pontes sair da secretaria, que ela permaneça com Anápolis.

Já está definida essa saída do Francisco Pontes?
O que se escuta é que ele pode sair com a desincompatibilização dos possíveis candidatos do Governo do Estado, mas o Francisco está fazendo um grande trabalho, é um empresário de Anápolis, ligado a Acia, e ele sabe defender aos interesses dos empresários. Então por conta do PTB não teria problema caso seja definida pela permanência do Chico.

Essa conversa está sendo feita com o governador Marconi, ou com o vice José Eliton que assume o governo agora no mês de abril?
Acho que em conjunto. O governador Marconi junto com o nosso futuro governador, José Eliton, estão formando a equipe em conjunto. Obviamente que quem decide no PTB é o deputado Jovair Arantes, que é o nosso líder.

Qual importância dessa secretaria permanecer em Anápolis?
Para manutenção do desenvolvimento econômico da nossa cidade. A SED é responsável por captar e trazer empresas e novas indústrias para o Estado, para a nossa cidade, que buscam incentivos no Governo, através do Fomentar ou Produzir, que precisam buscar espaços nos distritos agroindustriais, trazer outorgas de incentivos. Então um representante da cidade nessa pasta, defenderia com maior afinco os interesses de Anápolis. Mas claro, trabalharia pelo Estado como um todo.

Caso seu nome seja indicado, o senhor pretende buscar apoio das lideranças classistas da cidade?
Com certeza. A secretaria depende da Acia, da Fieg, da Faeg, de todos os órgãos relacionados ao empresariado do município e de Goiás. Acho importante esse diálogo para formar opiniões concretas. Se algo vier a acontecer precisamos ter apoio dos classistas.

Sabemos da sua proximidade com Jovair Arantes, mas qual a ligação do senhor com o governador Marconi e o vice José Eliton?
O PTB sempre esteve na base de Marconi Perillo. Eu, particularmente não tenho proximidade com Marconi ou com José Eliton, mas não enxergo dificuldade nesse ponto, e considero que não seja problema, caso seja indicado, em trabalhar junto com nossos líderes estaduais. O importante é ser de Anápolis, conhecer a cidade, suas necessidades e trabalhar para fortalecer o desenvolvimento municipal e estadual.

O momento agora é ver a ligação de Jovair com Anápolis, já que a sua indicação terá peso forte na hora de bater o nome para nomeação do possível secretário da SED.
Com certeza. O carinho que o deputado federal Jovair Arantes tem por Anápolis vai pesar muito nesse momento, caso Francisco Pontes venha, de fato, deixar o cargo.

Deixe um comentário