Home Cidades Quarta unidade de ensino da Polícia Militar será instalada em 2019

Três colégios são cotados: Senador Onofre Quinan, Dr. Genserico Gonzaga Jaime e José Ludovico de Almeida

ANA CLARA ITAGIBA

O governador Marconi Perillo (PSDB) acatou o pedido do deputado estadual Carlos Antonio (PSDB) para a implantação de mais uma Unidade de Ensino Militar em Anápolis. Há alguns meses já se falava sobre a possibilidade, mas a confirmação aconteceu em uma audiência pública no Palácio Pedro Ludovico, em Goiânia, na última segunda-feira (5.mar). O próximo passo é avaliar tecnicamente qual é a melhor unidade a ser contemplada, junto aos órgãos competentes e seguindo os trâmites legais.

Em entrevista ao JE, na última quarta-feira (5.mar), Carlos Antonio contou que um dos fatores que contribuíram para o consentimento do governador para esse projeto, foi a fila de espera de quatro mil estudantes que desejam ingressar no ensino militar de qualquer um dos três colégios militares do município. “Levei a demanda dos pais que esperam para conseguir uma vaga para os filhos em colégios militares. Ele ficou muito sensibilizado quando eu apresentei os números. O grande interesse fez com que o governador entendesse a importância de autorizar o trâmite para a transformação de mais uma unidade de ensino militar”, revelou.

Nesta semana, o deputado se reunirá com a subsecretária regional de educação de Anápolis, professora Sonja Maria Lacerda, para apresentar as opções de unidades de ensino para fazer a transição. De acordo com ele, são várias escolas interessadas, mas o Colégio Estadual Senador Onofre Quinan, o Colégio Estadual Dr. Genserico Gonzaga Jaime e o Colégio Estadual José Ludovico de Almeida, são os mais indicados em uma enquete que está sendo feita em seu perfil em uma mídia social. “Neste momento, estamos ouvindo a população”, garantiu o tucano.

Após esta reunião, Carlos Antonio visitará todas as unidades de ensino que foram indicadas. Feito isso, será agendada uma audiência pública com todas as diretoras, professores, pais e alunos para que o assunto seja discutido amplamente. “A partir daí, poderemos definir qual escola será contemplada”.

A possibilidade de crescimento do espaço e a viabilidade de novos investimentos na área serão um dos critérios avaliados pela equipe técnica. “Olhamos a área, o impacto que aquilo irá causar na vizinhança e o trânsito de veículos. Tudo isso é avaliado”, contou.

A inauguração do novo colégio militar de Anápolis pode acontecer mais breve do que se imagina. De acordo com o deputado estadual, a implantação pode ser viabilizada já em 2019. “É certeza para o próximo ano. Será o mesmo processo da Unidade Arlindo Costa. A gente projetou para um ano e ele veio antes. Só que eu não sei se ele fica pronto antes, mas vamos acelerar o máximo possível para que ele seja concretizado o quanto antes, pois entendemos que a demanda é grande”, esclareceu.

Esta será a quarta Unidade de Ensino Militar de Anápolis, sendo que é a terceira que foi viabilizada por intermédio do deputado Carlos Antonio. Ele afirmou que o diferencial é a boa qualidade de ensino e a disciplina aplicada, que faz com que o resultado seja acima da média de outras instituições. “Quando investimos em um colégio militar, estamos formando jovens para uma sociedade melhor”, defendeu o deputado estadual.

2 Respostas a este post
  1. quais os documentos necessários para fazer a matricula no colégio militar ? quais as datas que começam as matrículas?

  2. Gostaria de deixar desde já meus parabéns a este projeto .
    Mas quero saber se o colégio Estadual Padre Trindade tem a possibilidade de se tornar um colégio militar .

Deixe um comentário