Ad
Home Destaques Câmara homenageia mulheres com Medalha Dulce de Faria com presença da primeira-dama...

Fonte: Câmara Municipal de Anápolis

por Orisvaldo Pires

Com a presença de aproximadamente 1,5 mil pessoas, a Câmara Municipal de Anápolis realizou Sessão Solene, na noite desta sexta-feira (29.mar), para homenagear 27 mulheres que se destacam em sua área de atuação, para celebrar a passagem do Dia Internacional da Mulher, comemorado todos os anos no dia 8 de março. 

A solenidade aconteceu no Teatro São Francisco de Assis, no Bairro Jundiaí, com a presença do prefeito municipal, Roberto Naves e Siqueira (PTB); a primeira-dama do Estado de Goiás, Maria das Graças Landim de Carvalho Caiado; vereadores, autoridades municipais, estaduais e federais, representantes do Poder Judiciário, familiares das homenageadas e convidados. 

A cerimônia foi conduzida pelo presidente da Câmara, vereador Leandro Ribeiro (PTB), que além do prefeito Roberto Naves; a primeira-dama do Município, Vivian Cristina Albernaz Tanus Naves; e a primeira-dama do Estado, Maria Gracinha Caiado; teve companhia à mesa diretiva dos trabalhos das três vereadoras da atual legislatura: Elinner Rosa/MDB (1ª secretária da Mesa), Thaís Souza (PSL) e Professora Geli Sanches (PT). 

Em sua saudação inicial, Leandro Ribeiro lembrou que a Medalha Dulce de Faria é conferida há nove anos pelo Legislativo anapolino, para honrar a história da primeira dama carioca que escolheu Anápolis como sua cidade de coração e prestigiar a mulher, “cuja força está em seu caráter, impresso em sua alma, que lhe faz capaz de se doar completamente em favor daqueles que ama”. 

Elinner Rosa rememorou os grandes feitos de Dulce de Faria no campo da assistência social, as ações e programas que criou e que, até os dias atuais, servem aqueles que mais precisam. Roberto Naves comentou sobre os serviços prestados pelas homenageadas ao Município e da responsabilidade que têm ao serem agraciadas com a Medalha que leva o nome de Dulce de Faria. 

Os vereadores que indicaram as 27 mulheres que receberiam a Medalha entregaram cada um a honraria à sua homenageada, sob aplausos dos presentes e emoção a cada nome chamado pelo cerimonial. Ao utilizar a palavra em nome das demais homenageadas, a primeira-dama do Estado, Maria Gracinha Caiado, exaltou como justo o reconhecimento às mulheres agraciadas com a Medalha Dulce de Faria e recordou que seu esposo, o governador Ronaldo Caiado (DEM), nasceu em Anápolis e estudou no Colégio São Francisco, exatamente na área onde está situado o teatro que abriga a homenagem às mulheres. “Anápolis me deu o que existe de mais precioso: minha família. Somos gratos eternamente aos anapolinos”, concluiu. 

A Sessão Solene durou aproximadamente uma hora e meia. No aspecto plástico, o evento foi marcado pela beleza e o bom gosto da decoração do palco. As homenageadas ficaram sentadas em local de destaque à direita da mesa diretiva e os vereadores, consequentemente à esquerda. A cerimônia foi registrada pela TV Câmara e em breve estará à disposição na página da Câmara de Anápolis no Youtube. 

Os vereadores presentes à Sessão Solene: Leandro Ribeiro (PTB), Elinner Rosa (MDB), Thaís Souza (PSL), Professora Geli Sanches (PT), Alfredo Landim (PT), Américo Ferreira. (PSDB), Deusmar Japão (PSL), Domingos Paula (PV), Pastor Elias Ferreira (PSDB), Fernando Paiva (PODE), Jean Carlos Ribeiro (PTB), João da Luz (PHS), João Feitosa (PTB), Lélio Alvarenga (PSC), Lisieux José Borges (PT), Luzimar Silva (PMN), Mauro Severiano (PSDB), Paulo de Lima (PDT), Pedro Mariano (PRP), Teles Júnior (PMN), Valdete Fernandes Moreira (PDT) e Wederson Lopes (PSC). 

HOMENAGEADAS

Aparecida Donizete Teles Luiz

Bárbara Aparecida da Silva Fleury

Cristevânia Maria Silva

Denise Alves Pessoa

Denise Ferreira Corrêia

Edelzina Pereira do Nascimento Santos

Eerizânia Eneas de Freitas Lobo

Florany da Silveira Souza e Silva

Gisele Vaz Rocha

Janaína Macedo Coelho

Juliana Maria José Francis Martins

Karla Brenda Costa Gonçalves El-Honsi

Lidiana Roncato Alves

Maria Cristina Moreira de Matos Romero

Maria da Luz Dias Martins

Maria das Graças Landim de Carvalho Caiado

Maria Helena do Espírito Santo

Mirian Borges de Oliveira

Neida Maria Martins

Neizadi da Silva Porto Bernardes

Romilda Cândida da Silva

Rosângela Maria Santana

Rosária Maria Silva

Sarah Nancy Severiana Santos

Sebastiana Donizeth Rosa Rodrigues

Terezinha Marinho da Silva

Varnete Ferreira de Morais

Breve histórico de dona Dulce de Faria

Dona Dulce nasceu em outubro de 1929, no Rio de Janeiro. Filha de imigrantes portugueses, seu Salvador e dona Maria Pereira, teve uma rígida criação. Teve quatro irmãos: Dodô, Lourdes, Zeca e Verinha.

Casou-se com o médico Anapolino de Faria em 30 de maio de 1949, no Rio de Janeiro. O matrimônio durou 60 anos. Tiveram cinco filhos: Maurice, Claude, Suzana, Simone e Renata, além de vários netos e bisnetos. Destacou-se na cidade, ressaltando a atividade política de Anapolino. Participou da edificação do médico e do estadista. 

Formada no curso de Comércio e Contabilidade do Educandário Rui Barbosa, adotou o humanitarismo do marido, canalizando sua atenção, paralelamente à dedicação familiar, a projetos sociais. 

Criou o Projeto Dom Bosco, mais tarde transformado em Sociedade Dom Bosco, um dos maiores programas assistenciais do estado em todos os tempos. Faleceu em 10 de julho de 2010.

(Foto: Ismael Vieira / Diretoria de Comunicação)

Deixe um comentário