Home Cidades Ex-Prefeito Pedro Saihum Recebe Título de Cidadão Benemérito da Comunidade

Fonte: Câmara Municipal de Anápolis

 

Foto: Ismael Vieira

 

Em sessão solene realizada na noite de terça-feira (7.mai), a Câmara Municipal entregou o Título de Cidadão Benemérito da Comunidade ao professor Pedro Fernando Sahium, prefeito de Anápolis entre 2003 e 2008.

Dezenas de pessoas, entre parentes, amigos, ex-secretários e servidores da gestão Sahium estiveram no plenário Teotônio Vilela para acompanhar a homenagem, criada a partir de um projeto de decreto legislativo de autoria do vereador Valdete Fernandes (PDT).

“Nunca vi uma pessoa ser tão aplaudida ao ser anunciada para uma homenagem na Câmara Municipal. O senhor de fato deixou um importante legado para a cidade”, frisou o presidente da Câmara Municipal, Leandro Ribeiro (PTB).

Em seu discurso, Valdete agradeceu a Sahium por ter tido a oportunidade de trabalhar ao lado do ex-prefeito – na época o vereador era líder comunitário. Ele enumerou algumas conquistas daquela gestão, como a criação do Rápido, recuperação financeira da prefeitura e uma ênfase na educação, com construção de novas escolas.

O legado fiscal e financeiro deixado por Pedro Sahium também foi ressaltado pelo prefeito Roberto Naves (PTB). O mandatário fez um discurso carregado de emoção, ao lembrar que teve sua primeira oportunidade como professor em um colégio de propriedade de Sahium.

Os vereadores presentes se sucederam em discursos em homenagem ao ex-prefeito. “O senhor colocou Anápolis nos trilhos”, ressaltou Mauro Severiano (PSDB), que foi colega de Câmara Municipal de Pedro Sahium – o ex-prefeito esteve na Casa entre 1993 e 2000.

Domingos Paula (PV) disse que Sahium é uma “pessoa do bem, honesta” e que o país precisa de gente assim na vida pública. A vereadora Professora Geli (PT) afirmou que o ex-prefeito, como docente, tem feito discípulos ao longo de sua trajetória.

O vereador Jean Carlos (PTB) lembrou de momentos assumidos por ele durante a gestão Sahium – servidor municipal, ele foi diretor de Posturas e fez parte de um trabalho na Procuradoria-Geral do Município, que resultou na redução de R$ 56 milhões da dívida fundada.

O vereador Luiz Lacerda (PT) discursou sobre o “amigo de infância Pedro Sahium”, lembrando da convivência dele com o ex-prefeito e seus irmãos na região da Rua 7 de Setembro. Já Deusmar Japão (PSL) fez uma mea-culpa e pediu desculpas ao homenageado, por críticas feitas ainda na época da gestão do ex-prefeito.

O vereador Pastor Elias (PSDB) elogiou a trajetória de vida de Pedro Sahium e o citou como exemplo para várias gerações de anapolinos.

Escolhido para falar em nome dos ex-secretários, o também ex-presidente da Câmara Municipal José Escobar fez uma saudação especial ao ex-vice-prefeito Atair Pio, companheiro de gestão de Sahium, e lembrou momentos da campanha vitoriosa de 2004. “Eu tenho uma certeza na cabeça: o que o senhor já fez jamais será esquecido”, falou Escobar.

Outros dois ex-presidentes da Câmara também estiveram na homenagem: Gerson Santana e Sírio Miguel.

Convidado para falar em nome da classe empresarial, o ex-presidente da Acia e Facieg Luiz Medeiros lembrou que foi durante a gestão Sahium que o polo farmacêutico de Anápolis foi consolidado. A gestão também teve a marca de abrir diálogo com o setor produtivo, criando um conselho de empresários que se reunia frequentemente para dar opiniões sobre políticas públicas.

A filha de Sahium e da professora Rosana, Maria Clara, também discursou em homenagem ao pai. “Somos orgulhosos de você, um homem bom, de caráter, professor, amigo, sempre pronto para ajudar”, destacou.

Também estava na solenidade o filho do casal, Samuel, além dos irmãos de Pedro Sahium: Paulo Henrique, Júlia e Antônio Jorge.

Em seu discurso, Sahium disse que as pessoas se alimentam de símbolo, e que a homenagem da Câmara via vereador Valdete, era um símbolo que lhe renovava espiritualmente. “Essa é uma noite de amizade”, completou o ex-prefeito.

“Todos aqui são importantes para mim”, falou ainda Sahium, que lembrou um nome importante da sua gestão, já falecido, o radialista Miguel Squeff – mais cedo também foi ressaltada a importância do médico Cláudio Paiva, também membro daquele governo e já falecido.

Sahium fez ainda uma defesa da educação, dizendo que o país precisa mais de ensino e menos de vingança. O ex-prefeito concluiu sua fala citando trecho do poema Instante, de Rubem Alves:

“Se eu pudesse viver novamente a minha vida, na próxima trataria de cometer mais erros. Não tentaria ser tão perfeito, relaxaria mais. Seria mais tolo ainda do que tenho sido; na verdade, bem poucas coisas levaria a sério. […] Correria mais riscos, viajaria mais, contemplaria mais entardeceres, subiria mais montanhas, nadaria mais rios”.

Presenças
Entre as presenças na sessão solene, estavam os ex-vereadores Valmir Jacinto, Joseli Ribeiro e Eli Rosa.

Também estiveram presentes o padre Firas Bistati, da Igreja Ortodoxa São Jorge de Anápolis; o reverendo Wildo dos Anjos, da Missão Vida; e o pastor Leordino Lopes, presidente do Conselho de Pastores de Anápolis.

Compareceram ainda o secretário municipal de Esportes, Karim Abrão, o coronel da FAB Fábio Pinheiro, o empresário Jorge Ghannan, o coronel da PM Raimundo Nonato e o médico Samir Bittar.

Esteve presente ainda a viúva do ex-prefeito Jamel Cecílio, Valquíria Cecílio.

Deixe um comentário