Ad
Home Últimas Notícias Setor agropecuário lidera a criação de empregos no mês de abril em...

Fonte: Governo do Estado de Goiás

No acumulado de 2019, o segmento também ocupa a primeira posição na oferta de novas vagas no mercado de trabalho

Com saldo positivo de 2.211 empregos criados em abril, o setor agropecuário goiano novamente ocupa a primeira posição no ranking de geração de novos postos de trabalho em Goiás. Entre as atividades que se destacaram estão cultivo de cana-de-açúcar, com 1.194 empregos, produção de sementes certificadas, com 1.005 novas vagas, e serviço de preparação de terreno, cultivo e colheita, com 260 empregos. Entre as cidades que registraram aumento na oferta de vagas em abril estão Formosa (838), Morrinhos (372) e Rubiataba (360). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e classificados de acordo com CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas).

O Caged revelou ainda que de janeiro a abril deste ano, o saldo geral de empregos em Goiás foi de 18.982 novas vagas. A agropecuária – que envolve agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura – está em primeiro lugar na criação de novos postos de trabalho em 2019, com 7.507 vagas. Em segundo, as indústrias de transformação, com 3.871, e em terceiro a área de construção, com 2.145 vagas. Entre os municípios que registraram maiores índices de criação de postos de trabalho no Estado neste ano estão Goiânia (2.861), Formosa (1.304), Cristalina (1.243), Goianésia (1.161) e Morrinhos (1.090). No caso de Formosa, Cristalina e Morrinhos, o maior impacto se deve à agropecuária.

Segundo o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, os dados só confirmam a importância do setor para o desenvolvimento econômico do Estado de Goiás. De acordo com ele, além de possibilitar a criação de emprego e renda, a agropecuária contribui para fortalecer outras cadeias e áreas nos municípios. “O agro tem favorecido que mais pessoas tenham renda e isso ajuda na movimentação econômica nas cidades, estimulando desde comércio, serviços, indústrias, entre outros. Direta ou indiretamente, a agropecuária traz retorno para a sociedade, seja no campo ou na cidade”, destaca.

Ranking nacional

Criação de emprego no setor agropecuário em abril

1º – Minas Gerais – 7.284 novos postos de trabalho
2º – São Paulo – 6.394 novos postos de trabalho
3º – Bahia – 2.477 novos postos de trabalho
4º – Goiás – 2.211 novos postos de trabalho
5º – Espírito Santo – 1.433 novos postos de trabalho

Mais informações: (62) 3201-8909

Deixe um comentário