Ad
Home Destaques Prefeitura abre debate com população sobre Distrito Industrial Municipal

Segunda audiência pública já está programada para 4 de setembro, na sede da Acia; área deverá abrigar mais de uma centena de indústrias

Fonte: Prefeitura de Anápolis

 

O Centro de Convenções de Anápolis sediou a primeira audiência pública sobre a criação do Distrito Industrial Municipal. Realizado pela Prefeitura de Anápolis, o encontro ocorreu nesta sexta-feira, 30, durante a 1ª Expo Anápolis, e reuniu empresários, universidades, sociedade civil, além de representantes da Câmara de Vereadores. A ideia é construir um projeto de implantação e operação a partir da contribuição de todos os públicos de interesse.

 

Uma nova audiência pública está programada para 4 de setembro, próxima quarta-feira, às 18h30, na sede da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia), onde será dada continuidade às discussões. O evento é aberto a toda comunidade, basta comparecer no horário, a participação é livre.

 

Atualmente, o projeto (PLC nº 21/2019) de que autoriza a aquisição do espaço por meio de permuta foi aprovado na Câmara Municipal e aguarda sanção do prefeito Roberto Naves. No novo polo, o foco são as empresas de base tecnológica, que não geram resíduos ou qualquer tipo de efluente. Ainda não é possível estimar a quantidade de empregos que serão gerados, mas a área terá capacidade para abrigar mais de uma centena de empresas, que vão demandar mão de obra com alta qualificação. Outra novidade é que uma política municipal de incentivos para as empresas que ocuparão o novo espaço está sendo desenhada.

 

Após recente anúncio do governo estadual, que realizou liberação imediata de uma área de 800 mil metros quadrados para a construção de indústrias no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), as expectativas para a região são as melhores, segundo o secretário municipal da Fazenda, Marcos Abrão. “Estamos nos preparando para um novo ciclo de crescimento do País, que a partir do momento que a atividade econômica se recuperar, nacionalmente, a cidade estará preparada para receber as novas empresas e investimentos”, afirmou.

Deixe um comentário