Governo de Goiás quer valorizar a contribuição de cidadãos com a criação de Comenda para goianos que, no seu dia a dia e por iniciativa própria, realizam ações em prol de Goiás e da sua população

Você conhece o Yuri Vaz ou o Felipe Augusto Andrade? E o professor Ribeiro Lima? Sim, você tem razão: eles não são celebridades das redes sociais, tampouco costumam dar entrevistas em jornais impressos ou televisivos. Anônimos? Bem, isso depende do ponto de vista. Pra muita gente, eles não são simplesmente figurantes de uma peça em curso. Eles são protagonistas, que fazem a diferença na comunidade em que vivem ou nos locais por onde passam. E tal qual o samaritano, que parou o seu percurso para ajudar um judeu, esses homens também aprenderam a colocar o interesse coletivo acima do pessoal.

O Yuri e o Felipe, por exemplo, estavam em viagem pela GO-505, quando avistaram uma fumaça preta na beira da rodovia, início de um incêndio que prometia se alastrar por uma propriedade particular. “Será que vale o risco de pararmos a caminhonete para tentar conter o fogo?”, pensaram. A reflexão foi rápida e, poucos segundos depois, lá estavam os amigos a pisotear as labaredas para extinguir os focos. Tiveram êxito e, segundo Yuri, o preço do gesto não custou mais do que o solado dos sapatos e muito suor. Eles descobririam, depois, que o incêndio havia sido causado por latinhas de bebidas que haviam sido descartadas no acostamento e no mato.

Já o professor Ribeiro Lima criou o movimento Todos contra o Bullying, Todos contra o Triângulo da Dor e, com o propósito de defender uma sociedade mais pacífica, começou a percorrer o Estado de Goiás para palestrar sobre o assunto e inspirar a juventude.

Podem parecer gestos pequenos, mas é aquela velha história que nossa “criança interior” conhece, de cor e salteado, pois certamente aprendeu na escola: se cada um, realmente, tirasse um tempo para servir ao próximo, nós não estaríamos vivendo num mundo tão violento e caótico.

Cidadão-Herói

O Governo de Goiás promove o concurso Cidadão-Herói, cujo objetivo é valorizar os goianos que, no seu dia a dia e por iniciativa própria, realizam ações em prol do Estado e da sociedade. Os interessados em participar deverão produzir e enviar um vídeo de sua ação voluntária, ou de algum amigo, de até um minuto e meio (90 segundos), para o site www.cidadaoheroi.com.br .

“Quero condecorá-los na Praça Cívica, com todas as honras de Estado. Seja o professor que ajudou a reconstruir a escola, o cidadão que ajudou uma creche, a pessoa que ajudou um asilo, outra que reconstruiu um Batalhão”, destaca o governador Ronaldo Caiado. “Todos nós juntos, cada um em seu gesto de ajudar Goiás, vamos reconstruir o Estado e dar ainda mais essa noção de cidadania ao nosso povo”.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de novembro. Na mesma plataforma virtual será aberta uma votação, entre os dias 02 e 09 de dezembro, para os internautas elegerem as melhores histórias. Os vídeos mais votados pelo público vão render ao protagonista da “ação do bem” a Comenda da Ordem do Mérito Cidadão-Herói, que será entregue pelo governador Ronaldo Caiado.

Pode participar do concurso qualquer cidadão que tem domicílio eleitoral em Goiás há pelo menos dez anos e que realize ações ou desenvolva projetos que possam servir de exemplo e inspiração para a sociedade no sentido da construção coletiva de um Estado melhor e mais justo para todos. A participação é vedada a indivíduos em exercício de cargo público eletivo, de cargo comissionado ou em função comissionada, em quaisquer das esferas e níveis de Poder.

Por decisão do governador Ronaldo Caiado, dez “Cidadãos-Heróis” condecorados em 2019 serão escolhidos por meio de votação popular no site www.cidadaoheroi.com.br .

A condecoração da Ordem do Mérito Cidadão Herói será entregue em cerimônia festiva a ser realizada na Praça Cívica, neste mês de dezembro.

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

 

Deixe um comentário