Ad

Pesquise antes de comprar, alimentos registram variação de preço de até 567% entre estabelecimentos

Neste final de ano, é preciso ficar de olho nos preços dos alimentos e também dos presentes. Para ajudar o consumidor na escolha de compra, a Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor, Procon Anápolis, realizou uma ampla pesquisa comparativa com 84 itens alimentícios, de vestuário e perfumes, em diversos estabelecimentos da cidade.

A diferença nos preços dos produtos que compõem a ceia de Natal, como aves, castanhas, bebidas e enlatados, chega a 567% — que é o caso do quilo da castanha do pará, encontrado desde R$ 20,99 até R$ 139,90. Entre as carnes, o bacalhau do porto foi o que apresentou maior variação entre os supermercados, de 179%, o quilo mais barato é R$ 42,90 e o mais caro R$ 119,90. Acesse pesquisa de alimentos completa aqui.

Já entre os itens de vestuário, as maiores variações foram dos tênis femininos (520%), bermudas masculinas (500%) e tênis esportivos (435%). \Na categoria de perfumes, Scandal da marca Jean Paul Gautier ocupa o primeiro lugar no ranking de diferença de preços, 587%. Acesse pesquisa do vestuário e perfumes completas.

“É importante pesquisar os preços, por mais que o cidadão não vá adquirir cada produto em um local, sempre haverá uma opção de compra mais favorável, com maior número de produtos em um preço reduzido”, pontua o secretário municipal de Defesa do Consumidor, Robson Torres.

Deixe um comentário