Image
Home Cidades Em Goiás, Carteira de Trabalho agora, só a Digital

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), informa aos trabalhadores goianos que já está em vigor a nova Carteira de Trabalho Digital. A partir de agora, o documento não será mais emitido na versão impressa nos postos do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Goiás.

Segundo a Superintendência do Trabalho, Emprego e Geração de Renda da Seds, as restrições de circulação de pessoas nos órgãos públicos em função do esforço de contenção da disseminação do coronavírus, somada ao fim do documento físico, reforçam a necessidade de o cidadão buscar sua Carteira de Trabalho na internet.

Para isso, basta acessar o site https://servicos.mte.gov.br/. Para ter o documento digital no celular, o trabalhador precisar entrar na loja de aplicativos compatível no seu aparelho, procurar por “Carteira de Trabalho Digital” e baixar a ferramenta.

A mesma Portaria federal que suspendeu a emissão do documento físico (em setembro de 2019), definiu também que todas as empresas estão obrigadas a aceitar a Carteira de Trabalho Digital, não podendo exigir do trabalhador a versão impressa do documento como critério para admissão. Isso porque já expirou o prazo de as empresas estarem cadastradas no sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, o chamado e-Social.

Para a titular da Seds, secretária Lúcia Vânia, a inovação da Carteira de Trabalho Digital só traz benefícios ao trabalhador. “A comodidade da tecnologia ajuda não só a poupar tempo e dinheiro no vai e vem da busca pelo documento. Essa nova carteira não tem custos, não rasga, não fica velha e não some, porque todas as informações ficam armazenadas e o trabalhador pode conferir seus dados a qualquer momento”, comenta.

Para mais informações ou tirar dúvidas, o trabalhador pode procurar por um dos postos do Sine em todo o estado (confira aqui a lista de endereços) ou pelo site https://empregabrasil.mte.gov.br/carteira-de-trabalho-digital/ ou ainda ligar na central Alô Trabalho, pelo número 158.

Mais informações: (62) 3201-1992

Deixe um comentário