Image
Home Últimas Notícias Escolas estaduais dão início ao regime de aulas não presenciais

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria da Educação, iniciou nesta segunda-feira, dia 23, o regime especial de aulas não presenciais para todos os estudantes da Rede de Ensino, com um cronograma de atividades alinhado aos componentes curriculares e aos conteúdos de cada etapa, ano e série. A medida atende a uma resolução do Conselho Estadual de Educação de Goiás (CEE), que aprovou a manutenção das atividades pedagógicas sem a presença de alunos e professores nas dependências de unidade escolar.

Para orientar a elaboração do plano de ação das unidades, as superintendências da secretaria realizaram, na última quarta-feira, webconferências com os coordenadores regionais e gestores para dialogar sobre a produção de materiais e o planejamento das atividades a serem realizadas pelos alunos. Coube aos gestores, coordenadores pedagógicos e ao corpo docente a elaboração do material de trabalho, bem como a definição do melhor meio para disponibilização dos conteúdos.

A maioria das escolas, cumprindo as determinações do CEE, optou pela disponibilização de videoaulas e conteúdos em plataformas virtuais e redes sociais, como o Facebook e o WhatsApp. Para atender a todos os alunos, foram afixados na porta dos colégios o cronograma de aulas definido, e as listas de atividade a serem realizadas ao longo das aulas não presenciais.

Execução do plano

Assim que foi anunciado, o regime de aulas não presenciais contou com a ampla participação dos estudantes. Na sexta-feira, dia 20, professores e alunos utilizaram as redes sociais para compartilhar a execução das atividades propostas. O objetivo é manter registradas todas as atividades realizadas, já que as avaliações do conteúdo ministrado só serão realizadas após o retorno das aulas presenciais.

Houve também exemplos de empatia e solidariedade com a implantação do novo regime de aulas. Uma estudante do Colégio Estadual Alto Paraíso, de Aparecida de Goiânia, publicou um tutorial em vídeo ensinando os colegas a utilizarem a plataforma Google Sala de Aula, onde estão sendo disponibilizados os materiais para a sua turma.

O professor Diogo Neves, do CEPI Maria Antonieta, também aproveitou o período para inserir a temática do coronavírus (Covid-19) em suas aulas de biologia. Por meio de uma live no Instagram, ele ministrou uma aula sobre a estrutura do vírus e as principais informações sobre a doença por ele transmitida. Após a aula, os estudantes desenvolveram esquemas sobre o conteúdo apresentado, compartilhando aquilo que aprenderam.

Exceções

Para as escolas que estão impossibilitadas de implementar a regime de aulas não presenciais, ficou determinada a apresentação ao CEE ou ao respectivo Conselho Municipal de Educação do calendário com a proposta de reposição das aulas referentes ao período de suspensão das aulas.

Secretaria de Estado da Educação – Governo de Goiás

Deixe um comentário