Ad
Home Editoriais Cidades Recomendações sobre coronavírus a motoristas e usuários de táxi e aplicativos de...

Orientações preventivas foram elaboradas por equipe técnica da SES-GO, com base em guias e documentos produzidos por instituições como o Ministério da Saúde

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), definiu uma série de recomendações a serem repassadas aos motoristas e usuários do transporte individual de passageiros (táxi e carro por aplicativo), visando à prevenção ao coronavírus. Tais orientações foram elaboradas por uma equipe técnica tendo como fundamento guias e documentos feitos por respeitadas instituições da área da Saúde, entre as quais, o próprio Ministério da Saúde.

O coronavírus causa a doença chamada de Covid-19. A infecção, cujos primeiros casos foram identificados na China e que hoje assumiu proporções de pandemia mundial, tem como principais sintomas febre, tosse, produção de escarro, dificuldade para respirar e dor de garganta. A transmissão do vírus costuma ocorrer por contato pessoal com secreções contaminadas, como: gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; e contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Orientações aos motoristas:

– Utilizar álcool 70% para limpar as áreas do carro que são manuseadas, entre as quais, volante, alavanca do câmbio e puxadores de portas, entre outras.

– Aspirar os bancos do carro, depois, borrifar uma solução de sabão neutro e água e passar, suavemente, uma escova macia. Não borrife muito líquido. Em seguida, deixe o veículo ligado com o ar quente e vidros fechados por cerca de 20 minutos.

– Higienizar os bancos de couro apenas com sabão neutro.

– Trafegar com os vidros abertos, sem o uso do ar-condicionado.

– Recolher o lixo e outros objetos deixados pelos passageiros em sacos de lixo e descartá-los assim que possível.

– Lavar constantemente a mão, com água e sabão. Se não for possível, usar álcool 70%.

– Adotar rigorosamente a etiqueta respiratória, cobrindo o nariz e a boca com o braço ou o lenço descartável (toalha de papel) ao espirrar ou tossir. Em seguida, jogar o lenço em uma lixeira com tampa. Evitar tocar os olhos, nariz e boca e higienizar as mãos em seguida.

– Evitar contato físico direto, como apertar a mão e abraçar.

– Evitar o contato direto, frente a frente, por 15 minutos, e manter distância de 2 metros entre as pessoas.

– Nos percursos para hospitais, zonas de aeroportos e rodoviárias, os motoristas devem redobrar os cuidados com a higienização das mãos e a limpeza do veículo, após o transporte dos passageiros vindos desses locais.

Orientações aos passageiros:

– Lavar as mãos frequentemente, com água e sabão. Caso não seja possível, higienizar com álcool 70%.

– Adotar rigorosamente a etiqueta respiratória, cobrindo o nariz e a boca com o braço ou o lenço descartável (toalha de papel) ao espirrar ou tossir. Em seguida, jogar o lenço em uma lixeira com tampa. Evitar tocar os olhos, nariz e boca e higienizar as mãos na sequência.

– Não levar a mãos aos olhos, boca e nariz.

– Usar máscara cirúrgica, caso esteja com sintomas respiratórios.

Para acessar o material completo clique aqui.

Foto: Iron Braz

Deixe um comentário