Ad
Home Últimas Notícias Goiás tem situação privilegiada em relação aos demais estados, diz Caiado

Números de casos da Covid-19 em Goiás atingiu 179, dentro do estágio 2. A rede hospitalar está preparada para atuar no estágio 4

Em live nesta quinta-feira, dia 9, direto do Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, para os veículos de comunicação da Agência Brasil Central (ABC), o governador Ronaldo Caiado disse que, dentro do perfil e da gravidade da pandemia do coronavírus, a situação de Goiás ainda é privilegiada na comparação com os demais estados brasileiros, e até com países de economias bem mais fortes.

O balanço atualizado em Goiás é de 179 casos registrados da doença (patamar no chamado estágio 2) e o número de mortes permanece em 7. Lembrou, contudo, que a rede hospitalar goiana já tem potencial para enfrentar o estágio 4 da pandemia, o que dá um certo conforto sem no entanto perder o equilíbrio. Ele atribuiu os resultados aos esforços do Governo do Estado e de todos os goianos, ressaltando que agora estão sendo recompensados.

Contou ainda que falou com um colega senador de Manaus, o qual comentou sobre a difícil situação atual do Amazonas, que pela facilidade de acesso de lá para Miami (EUA), se tornou um dos estados com maior número de casos da Covid-19. E ainda há o risco de a virose chegar às aldeias indígenas, o que é preocupante.

Prometeu que, após dia 19 de abril, serão elaborados protocolos para flexibilizar o decreto de isolamento social, mas pediu que as pessoas não tenham muita ansiedade em relação a isso. Informou ainda que cada família que possui filho na escola, e faz parte do Cadastro Único da Rede Estadual de Ensino, já está com R$ 150,00 depositados na conta bancária, com o único objetivo de melhorar a alimentação dos filhos.

Citou que os recordes do Cadastro são uma senhora de Abadiânia e outra de Jataí, que têm seis filhos cada, e receberam o benefício proporcional ao número de crianças, ou seja, tiveram direito a R$ 900,00 cada. “Esse dinheiro é desde o dia 19 de março, quando cancelamos as aulas, até o dia 18 de abril, estamos com tudo pago hoje, já com antecedência de dez dias”, afirmou Caiado. Segundo ele, esse dinheiro é fruto de economia feita pelo Estado de Goiás para que possa melhorar a qualidade de vida das pessoas.

São quase 92 mil alunos e mais de 72 mil famílias que estão recebendo o benefício, o que dá um total de cerca de R$ 13,4 milhões por mês de repasse. Além disso, os alunos estão recebendo toda a grade curricular e toda a tarefa de casa. Parabenizou a secretária da Educação, Fátima Gavioli, diretores e professores pelo trabalho realizado.

Hospitais estadualizados

O governador informou ainda que os cinco hospitais em municípios do interior que foram estadualizados – quatro após autorização da Assembleia Legislativa (Alego) e um por força de decisão judicial – vão propiciar entre 1.300 a 1.500 novos leitos no Estado, contribuindo para a descentralização do atendimento prestado aos pacientes goianos. Isso fora as estruturas das policlínicas, cujas unidades serão inauguradas este ano em Posse (já está funcionando), Quirinópolis e Goianésia.

Os novos hospitais estadualizados são em São Luiz dos Montes Belos. Formosa, Luziânia, Jataí e Itumbiara, esse último por determinação judicial. Admitiu que será um peso financeiro para o Estado e já está trabalhando para equipar essas unidades, com o auxílio do Ministério da Saúde e de empresários. Citou o empresário Alberto Borges, da empresa Caramuru Alimentos, que junto com outro empresário, de nome Dione, se propôs a ajudar a equipar o hospital de Itumbiara, projetado para ter pelo menos 30 leitos de UTI após passar por uma rápida reforma.

Conforme o governador, nesse momento (de combate à disseminação do coronavírus) toda a doação é bem-vinda. Se a pessoa for doar dinheiro ou cestas básicas, pode fazê-lo para a Organização Voluntária do Estado de Goiás (OVG). Se for doar aparelhos, equipamentos de proteção individual (EPIs), respiradores ou outros, pode ser feito para o Fundo da Secretaria da Saúde, e indicar a unidade hospitalar a ser beneficiada.

Páscoa

Comentou ainda a flexibilização das vendas do comércio de produtos de Páscoa – através de drive thru e sem aglomeração. Mas pediu que os comerciantes e as pessoas que forem sair de casa para comprar esses itens de época, que coloquem uma máscara caseira no rosto, para auxiliar na proteção da região do nariz e da boca.

Disse que amanhã, Sexta-feira Santa, é dia de reflexão em família, data em que costuma ficar mais recluso. E lamentou o fato de a cidade de Goiás não poder realizar este ano a tradicional Procissão do Fogaréu, assim como de apresentar toda a beleza da cerimônia da Semana Santa daquela cidade histórica. “Mas todas as pessoas, a distância, estão fazendo suas orações”, acrescentou. No Domingo de Páscoa, ele espera poder conseguir a coroa do Divino para poder abençoar uma vez mais o Palácio das Esmeraldas.

A live realizada pela ABC está disponível na íntegra na página da TV Brasil Central no Facebook, no endereço facebook.com/tvbrasilcentral/videos/1863478510452821/.

ABC Digital

 

Deixe um comentário