A ação dos detentos foi impedida por servidores plantonistas. Procedimentos administrativos internos foram abertos para apuração e aplicação das sanções disciplinares aos custodiados envolvidos na ação

Servidores da Unidade Prisional Estadual de Anápolis frustraram uma possível fuga de detentos da unidade, na tarde desta quinta-feira,30/04. Um buraco na parede de uma das celas estava sendo perfurado por custodiados que cumprem pena por roubo e tráfico de entorpecentes

Segundo a 9ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), a frustração ocorreu no momento do procedimento de revista estrutural; quando foi encontrada uma espécie de fundo falso na parede da cela.

Mediante o ocorrido, os detentos da cela danificada foram transferidos para as demais celas do presídio e o local isolado para os reparos necessários.

O rigor nos procedimentos de segurança são resultado da aplicação de medidas estabelecidas pelo Governo do Estado, em consonância com a Secretaria de Segurança Pública e a DGAP, para controle da ordem e a disciplina em ambientes prisionais.

Fotos: GAP

Deixe um comentário