Ad

As Escolas Municipais Cecília Meireles e Raymundo Paulo Hargreaves oferecem, juntas, mais de 1,3 mil vagas

Foto: Bruno Velasco – Dircon

Quando as aulas presenciais da rede municipal de ensino voltarem ao normal, duas regiões de Anápolis terão um motivo a mais para comemorar: escolas novinhas e com maior capacidade de atendimento estarão à espera dos alunos. Uma das regiões beneficiadas é a do Reny Cury, Vivian Parque e adjacências, além do Bairro Santo Antônio.

A primeira unidade, que já conta com mobílias e equipamentos, irá receber os 460 alunos da Escola Municipal Cecília Meireles, que hoje estão em um antigo prédio alugado, localizada no Residencial Reny Cury, além de absorver mais 200 novos estudantes, aumentando em 43% sua capacidade de atendimento. Para eles, uma pitada a mais de curiosidade e satisfação: as salas serão climatizadas com ar-condicionado. São 24 turmas, no total, nos períodos matutino e vespertino, do 1º ao 5º ano.

Já no Bairro Santo Antônio, na Escola Municipal Raymundo Paulo Hargreaves – que teve a parte de ampliação inaugurada em julho de 2019, quando recebeu mais 12 salas, banheiros, pátio coberto, laboratórios de informática e ciências –, a reforma do antigo prédio está quase pronta. Não só as salas de aulas, como também cantina, banheiros, biblioteca e a sala dos professores estão sendo reestruturados.  Todas essas mudanças permitem ampliar o número de estudantes na unidade, saltando de 428 para 670 alunos.

Retrospectiva

A área da educação, cujo valor investido por essa gestão bate a casa de 29% de tudo o que é arrecadado – superior aos 25% previstos pela legislação –, coleciona muitos feitos nos últimos anos. Foram instalados 332 aparelhos de ar-condicionado, atingindo 57% das unidades escolares.

Para melhorar a qualidade das aulas de educação física, quatro quadras poliesportivas foram entregues e outras cinco estão em construção. Na prática, o local também é muito utilizado para datas comemorativas e reuniões com a comunidade, gerando mais conforto para esses tipos de eventos.

Somadas às cinco unidades de Cmeis inauguradas, duas escolas, ampliações, reformas e revitalizações, até o fim do ano passado foram abertas 50 novas turmas, o que se traduz em 1.119 novas vagas. A previsão para este ano é de que haja expansão de mais 1.000 vagas.

Verba considerada fundamental para a manutenção e exploração de atividades curriculares, o Programa de Autonomia Financeira das Instituições Educacional (Pafie) liberou o maior repasse educacional da história de Anápolis, em 2019: R$ 1.000.083,00. Desde o início da gestão, o montante é de R$ 3.604.992,42 em investimentos para a educação no município.

 

Deixe um comentário