Ad
Home Destaques Casos de dengue em Anápolis caem mais 50% este ano

O trabalho das equipes de endemias para combater o mosquito foi adaptado para os tempos de pandemia

Fonte: Prefeitura de Anápolis

Foto: Bruno Velasco – Dircom

Mesmo com as atenções voltadas à prevenção do novo coronavírus, Anápolis registra queda de mais de 50% no número de casos de dengue registrados em 2020, na comparação com 2019. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), até o final do mês de maio deste ano foram notificados no município 3.753 casos confirmados da doença. Esse número representa 49,38% do total do número de casos notificados no mesmo período no ano passado, que foi de 7.600.

A gerente de Endemias, Patrícia Godói, disse como está sendo o combate à dengue durante a pandemia. “Os agentes de endemias estão visitando todos os imóveis, na parte externa, as visitas estão sendo feitas somente em quintais e lotes baldios. Estamos tomando todo os cuidados na medida do possível. Todos estão usando máscaras, álcool em gel e evitando proximidade com os moradores”, afirma Godói.

Somente em 2019, foram notificados 10.802 casos na região. Mas é importante que a população não se esqueça que a doença continua fazendo vítimas no município. Segundo o boletim da Secretaria Municipal de Saúde, este ano foi confirmada uma morte por dengue; no ano de 2019, foram sete vítimas. Goiás bateu recorde em 2019, com mais de 96 mil novos casos em todo o Estado.

Prevenção

Para evitar a reprodução do Aedes aegypti em casa e, consequentemente, reduzir os riscos de contrair as doenças que ele transmite, são recomendadas algumas práticas, como: colocar areia em pratinhos com água; não jogar lixo em terrenos baldios; não deixar água da chuva acumulando sobre a laje; fazer uso do repelente sempre que exposto a áreas de infestação; priorizar o uso de roupas claras, leves e que cubram todo o corpo. O Aedes aegypti tem atração pelo suor e cores escuras.

 

Deixe um comentário