Ad
Home Destaques Pré-candidato pelo PSL, Valeriano Abreu critica prefeitura em compra de cestas básicas

Fonte: Rádio Nova FM*, por Tiago Oliveira

Ex-diretor do Procon e pré-candidato à prefeitura de Anápolis pelo PSL, Valeriano Abreu participou do programa Cidade em Debate na rádio Nova FM 87,7 e criticou as compras sem licitação durante o período de pandemia por parte da administração pública municipal. “No direito existe uma máxima que diz que quem pode mais pode menos. Se eu posso comprar sem licitação totalmente, eu posso fazer cotação, um chamamento simples”.

Valeriano acusa a administração de não fazer uma consulta de preços para a compra de cestas básicas destinadas a famílias carentes durante o período de pandemia. “O que aconteceu foi o seguinte, a prefeitura adquiriu cada cesta pelo valor de R$ 85,30 vinte mil cestas e em uma rápida cotação que eu tive a iniciativa de fazer com os mesmos itens, mesmas marcas, nós chegamos ao valor de R$ 67,00 (sessenta e sete reais) tivemos uma diferença de R$ 366.000,00 que daria para comprar mais 5.462 cestas”.

De acordo com o ex-presidente do Procon municipal essa compra foi efetuada pela relação estreita do prefeito de Anápolis com os donos do estabelecimento onde foram compradas as cestas. “O que nos preocupa é qual é a relação com o dono do estabelecimento onde foram adquiridas as cestas básicas, nas minhas redes sociais eu não mencionei qual foi o estabelecimento, mas foi o Armazém Goiás”.

Para o pré-candidato há uma relação escusa a ser explicada para a população. “O mesmo fornecedor aluga imóveis para a prefeitura com valores elevadíssimos, todos contratados por dispensa de licitação com a mesma família e por intermediação do dono do Armazém Goiás, então essas relações são questionáveis”.

* Rádio Nova 87,7 FM

Site: radionovafmanapolis.com.br, aquinanova.com.br no aplicativo cxradio busque por radio nova fm anapolis, facebook.com/aquinanova/, Instagram: @aquinanova, You Tube: aquinanova1.

Deixe um comentário