Ad
Home Editoriais Cidades Saneago perfura poços em Anápolis e amplia capacidade de abastecimento do município...

Desde o ano passado, a Saneago vem trabalhando uma série de estratégias para garantir o enfrentamento da estiagem de 2020 em Anápolis. Entre as ações de curto prazo, a Companhia executou a perfuração de 27 poços profundos no município, dos quais 17 foram selecionados e atingiram vazão total de 116 litros de água por segundo. O trabalho teve início em novembro, com a construção das adutoras responsáveis por interligarem os poços aos reservatórios de abastecimento.

Um total de 30,16 km de tubulações foram implantadas em sete meses de obras. A previsão é que a entrada em operação ocorra em agosto, sendo que até lá serão efetivadas as etapas de instalação das bombas, energização e cercamento das áreas. Em paralelo, a Companhia continua com a prospecção e perfuração de novos poços artesianos na Região Sul da cidade, a fim de reforçar a capacidade de produção do Sistema Daia.

Demais ações

Diversas outras ações estão em andamento, por parte da Saneago, como preparação à estiagem deste ano, as princiapis são: a integração dos Sistemas Piancó e Daia, com instalação de estações elevatórias de água tratada, viabilizando o abastecimento para a Região Sul através do Sistema Piancó; a implantação de dois centros de reservação com capacidade de mil metros cúbicos cada; a implantação de uma adutora de água tratada com diâmetro de 300 milímetros a partir do reservatório Vila dos Oficiais e a implantação de uma Estação de Tratamento de Água com capacidade de 150 litros por segundo – em processo licitatório.

Sistemas

O abastecimento de água tratada em Anápolis é considerado universalizado, com índice de cobertura de 99,5%. A cidade é atendida pelos sistemas Daia e Piancó, sendo o primeiro abastecido pelo Rio Caldas e, o segundo, composto pelos mananciais Ribeirão Piancó, Ribeirão Anicuns e Rio Capivari. Enquanto o Piancó abarca 87,5% do município, o Daia – de responsabilidade da Codego – é responsável por 12%. Os 0,5% restantes são atendidos por sistemas independentes de poços artesianos.

Superintendência de Comunicação e Marketing  da Saneago – Governo de Goiás

 

Deixe um comentário