Ad
Home Últimas Notícias “Investimento é o grande marco para retomada da modernização em Anápolis”, diz...

Atração de empresas nacionais e estrangeiras, geração de empregos, estímulo à pesquisa e tecnologia de ponta devolvem potencial da região, enumera governador sobre conquista do Centro de Excelência de Tecnologia Ferroviária

Publicado: 21.08.2020

Durante a visita técnica que fez ao futuro Centro de Excelência de Tecnologia Ferroviária de Anápolis, nesta sexta-feira, dia 22, o governador Ronaldo Caiado destacou que o investimento é o “grande marco para a retomada da modernização do município”.  Ele frisou que a união de esforços e a sintonia entre os governos estadual e federal são “o maior presente” que a “Manchester Goiana” recebe nos últimos 20 anos. “Os benefícios são incalculáveis. Daqui a 30 anos, as pessoas ainda vão se lembrar dessa parceria, que significa uma alavancada no crescimento de nossa cidade”, descreveu o governador.

O líder do Executivo destacou o número de empregos que serão criados com a instalação do Centro de Excelência de Tecnologia Ferroviária, que já nasce como o maior da América Latina. “Vamos expandir oportunidades para engenheiros, principalmente da área ferroviária, mas também para outros segmentos, como comércio, negócios, porque os congressos [que versam sobre a tecnologia inerente ao tema] passarão a ocorrer em Anápolis”, exemplificou.

A pista de testes, que integra o projeto, também levará para Anápolis outros benefícios que as antigas gestões não se preocuparam em consolidar no município – por vocação, um dos maiores centros logísticos do País. “Imagine a indústria ferroviária, a quantidade de empresas de todo o mundo que virá para cá fazer os testes de materiais, de vagões, trilhos. Todos que quiserem desenvolver suas tecnologias para o mercado terão aqui esse centro de excelência”, pontuou o governador.

Além da geração de empregos e da consequente movimentação na economia, o Centro de Excelência de Tecnologia Ferroviária de Anápolis fomentará pesquisas e estudos inovadores diante da parceria que se estabelece entre a Universidade Estadual de Goiás (UEG) e o Instituto Militar de Engenharia (IME).

“Tudo isso não seria possível sem a visão do presidente Jair Bolsonaro, que priorizou as ferrovias como meio de transporte no País, algo que estava parado há 30 anos”, lembrou Caiado. O governador também ressaltou que o Centro Tecnológico possui recursos previstos não somente para a implantação, mas para a manutenção, já que a verba vem de um fundo em que todas as empresas do ramo têm obrigação de fazer o depósito.

“É algo perene, permanente, que aumentará o prestígio e a importância de Anápolis”, assinalou Caiado, ao citar os outros presentes que seu município natal ganhou devido à parceria com o governo Bolsonaro, como a licitação da Ferrovia Norte-Sul e a duplicação da BR-153, até Porangatu. A previsão é de que o convênio entre os entes federativos, para a criação do Centro, seja assinado até o final deste ano.

Fotos: Cristiano Borges
Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

 

Deixe um comentário