Ad
Home Últimas Notícias Estádio Olímpico passa por melhorias para receber jogos

Revitalização coloca a praça esportiva entre as melhores do Brasil

Publicado: 08.09.20

Palco dos jogos do Atlético no Campeonato Brasileiro, o Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira está se destacando como um dos melhores gramados deste começo de competição. A qualidade do campo vem chamando a atenção e despertando elogios das equipes visitantes e da imprensa nacional.

O reconhecimento veio também da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que fez uma excelente avaliação do gramado, através do seu coordenador de estádios e segurança, Rômulo Reis.

“Venho expressar nossas observações positivas sobre o estado do Gramado do Estádio Olímpico de Goiânia. Como sabemos, o gramado é palco do espetáculo do futebol, e necessita dos melhores cuidados e esforços possíveis, que possibilitem uma prática segura e com qualidade. Nesse ensejo, temos monitorado a melhora do estado do gramado do Olímpico, principalmente em termos estéticos, nível de rolabilidade de bola e corte da grama”, destacou o dirigente, em documento oficial enviado por e-mail à Secretaria de Esporte e Lazer (Seel), através da Gerência de Gestão de Estádios.

Após se destacar internacionalmente por ser uma das sedes da Copa do Mundo Sub-17, nos meses de outubro e novembro de 2019, o Estádio Olímpico teve uma agenda cheia nos primeiros meses de 2020. Com mandos de campo de Atlético, Goiás, Goiânia e Aparecidense, a praça esportiva recebeu 17 jogos, entre Campeonato Goiano, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana.

Com a paralisação do calendário do futebol brasileiro no mês de março, em virtude da chegada da pandemia de Covid-19, o Governo de Goiás, por meio da Seel, iniciou uma revitalização geral no gramado, já pensando no retorno da temporada. Além do Atlético, o Goiânia já definiu o Olímpico como casa para a disputa do Campeonato Brasileiro Série D, que tem início neste mês de setembro.

“O Estádio Olímpico é uma das casas do futebol goiano, e ficamos muito felizes em ver que ele está se tornando uma referência no cenário nacional. O Serra Dourada sempre foi considerado como um dos melhores gramados do país e agora nós também temos esse status com o Olímpico, oferecendo as melhores condições para nossos clubes”, ressaltou o superintendente de Segurança e Infraestrutura Esportiva, Rudson Guerra.

Além da revitalização no gramado, outras melhorias foram realizadas no Olímpico, visando a disputa do Campeonato Brasileiro, como o ajuste no sistema de iluminação. Também foi instalada uma sala para o VAR (sigla para Assistente de Árbitro de Vídeo, em inglês) e foram feitas adaptações internas para adequação ao protocolo de segurança sanitária adotado pela CBF.​

Fotos: Mantovani Fernandes/Seel

Comunicação Seel

 

Deixe um comentário