Ad
Home Editoriais Cidades Goiás vai aderir ao Monitor de Secas nesta 5ª-feira

Programa será coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, por meio do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás

Publicado: 23.09.2020

Segundo o Mapa do Monitor de Secas para o mês agosto, Goiás teve seca grave em 39,4% de sua área.

Goiás, por meio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), adere nesta quinta-feira, dia 24, ao Programa Monitor de Secas, que é coordenado pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA).

Com isso, contará com uma nova ferramenta para auxiliar no planejamento e execução de políticas públicas de combate à seca, sendo o primeiro Estado da Região Centro-Oeste, junto com o Distrito Federal, a contar com o monitoramento e acompanhamento do Programa Monitor de Secas.

A adesão se dará em evento virtual que ocorrerá a partir das 14h30 e contará com a participação do diretor da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico, Rodrigo Flecha; da secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás, Andréa Vulcanis; do superintendente de Recursos Hídricos e Saneamento de Goiás, Marco José Melo Neves; da superintendente-adjunta de Operações e Eventos Críticos da ANA, Ana Paula Fioreze; do presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Eduardo Sávio Passos Rodrigues Martins; e do gerente do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás, André Amorim.

O evento será realizado por meio da plataforma zoom e será aberto ao público em geral. Para se inscrever, basta clicar aqui. Após realizada a inscrição, o participante receberá um email de confirmação contendo informações sobre como acessar a reunião.

Durante a solenidade, haverá assinatura virtual do termo de adesão de Goiás junto à Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico. A adesão de Goiás será voluntária, conforme instituído pela Resolução ANA Nº 31, de 13 de julho de 2020, expressando o livre interesse e comprometimento da Semad em apoiar a operação e continuidade do Monitor de Secas no Estado.

Segundo o Mapa do Monitor de Secas para o mês agosto, Goiás teve seca grave em 39,4% de sua área. Já para a intensidade de seca fraca, o valor foi de 24,7%, e para seca moderada, de 31,9% do território goiano. Com isso, houve um percentual de mais de 96% da presença do fenômeno de seca no Estado.

O objetivo do Monitor de Secas é acompanhar, de maneira contínua, o fenômeno e seu grau de severidade com base em indicadores de seca e nos impactos causados pelo fenômeno em curto e ou longo prazo. Em Goiás será publicado todos os meses um boletim informativo do Monitor de Secas, com abordagem regional e por bacias hidrográficas, sendo que esta ferramenta será um norteador de ações para as diversas áreas da sociedade.

Atribuições da Semad:

– Observar o cumprimento do calendário mensal do Monitor de Secas;
– Validar os rascunhos dos mapas produzidos pela equipe de autoria, seguindo os conceitos, premissas e orientações do Programa;
– Registrar, nos formulários de validação, os comentários e justificativas que levaram a concordar ou discordar do traçado proposto pelos autores;
– Considerar em sua análise os dados a que tiver acesso e as informações provenientes da rede de observadores;
– Identificar, mobilizar e treinar instituições que possam contribuir com a função de observadores na condição de parceiros do Programa em âmbito estadual, com o apoio da IC;
– Manter cadastro atualizado dos observadores, recepcionar e arquivar os formulários de observação e repassá-los para a IC, conforme o protocolo estabelecido;
– Participar de oficinas e treinamentos promovidos pela IC;
– Indicar novos parceiros que possam contribuir com o Programa em âmbito estadual e colaborar para sua mobilização e engajamento;
– Fornecer informações e dados de sua rede de estações de monitoramento para utilização no cálculo dos indicadores de seca;
– Desenvolver e fornecer produtos de apoio à análise da situação de seca e ao traçado dos mapas;
– Apoiar o Programa do Monitor de Secas no âmbito de suas atribuições e conforme articulação com a IC;
– Participar do processo de integração do Monitor de Secas com as Salas de Situação Estaduais, incentivando a utilização do Monitor como ferramenta para a gestão de secas e/ou sua contribuição para o processo de elaboração e validação dos mapas do Monitor;
– Observar, nas ações promocionais e de divulgação do Monitor de Secas e seus produtos, as orientações do Manual da Identidade Visual do Monitor de Secas.
– Observar, nas ações promocionais e de divulgação do Monitor de Secas e seus produtos, as orientações do Manual da Identidade Visual do Monitor de Secas.
Comunicação Semad

Deixe um comentário