Ad
Home Últimas Notícias Goiás registra 2.774 novas empresas em abril

Melhor resultado para o mês em cinco anos. Relatório da Junta Comercial do Estado de Goiás aponta para um total de 11.490 novos registros de CNPJs no Estado nos primeiros quatro meses de 2021. Montante também é o maior para o período desde 2017

Publicado: 20.05.2021

Goiás registrou a abertura de 2.774 empresas em abril. O número é o melhor para o mês em comparação aos últimos cinco anos, ou seja, desde 2017, segundo relatório estatístico da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg). O resultado, segundo o governador Ronaldo Caiado, representa mais emprego e renda para os goianos, principalmente no cenário atual, com a pandemia da Covid-19.

Em 2021, foram registrados em Goiás 2.778 novos Cadastros Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJs) em janeiro, 2.839 em fevereiro e 3.094 em março. A soma do quadrimestre resulta em 11.490 empresas abertas no território goiano, quantitativo também superior aos últimos cinco anos para o mesmo período.

O presidente da Juceg, Euclides Barbo, destaca a importância da elevação dos números diante do contexto atual. “Isso mostra que estamos no caminho certo para a recuperação do nosso Estado por meio de uma Junta totalmente digital, que investe continuamente em sistemas tecnológicos simplificando o registro mercantil, mesmo com todos os desafios impostos pela pandemia da Covid-19”, enfatiza.

Desde o início da gestão de Ronaldo Caiado, a Junta Comercial promove o aperfeiçoamento do atendimento aos cidadãos para que o registro de novos empreendimentos em Goiás seja o mais célere possível. “Em tão pouco tempo, a Juceg já é a primeira, com menor tempo para abrir uma empresa, com um dia e uma hora”, afirma o governador.

Além disso, a tecnologia trouxe ainda mais facilidade no acesso dos empresários aos serviços da Juceg. “Dentro da capacidade de todas as plataformas que apresentamos à população, a pessoa pode instalar sua própria empresa à distância, onde tiver sinal de internet”, reforça Caiado.

Ao todo, Goiás possui 867.442 estabelecimentos ativos, sendo 31,12% em Goiânia, além dos registros de microempreendedores individuais (MEI), constituídos de forma virtual por meio do portal do Microempreendedor Individual.

Em relação ao fechamento de empresas, Goiás registrou a extinção de 1.120 CNPJs em abril. No acumulado dos quatro primeiros meses do ano, esse número chega a 4.926.

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Deixe um comentário