Ad
Home Últimas Notícias Divulgado resultado do Fundo Municipal de Cultura 2021

Foram disponibilizados R$ 900 mil para projetos culturais em nove áreas diferentes

Publicado: 26.05.2022

Foto: Arquivo

Chegou a hora de tirar as ideias do papel e transformá-las em realidade, levando arte para os palcos, telas, páginas e outros diversos espaços. São 32 projetos aprovados em nove áreas diferentes. A lista de contemplados foi publicada na edição do Diário Oficial de Anápolis de terça-feira (24). A partir do depósito em conta, os projetos terão o prazo de um ano para execução. O Fundo Municipal de Cultura (FMC), edital 2021, é um investimento da Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Integração Social, Esporte e Cultura.

O projeto “Contribuição dos compositores negros para a MPB (Voz e Piano)” é um dos selecionados para a categoria “Música-Circulação” e propõe realizar apresentações ao vivo e palestras em quatro unidades públicas de ensino na cidade. Nomes como Cartola, Djavan, Jairzinho, Vanessa da Matta e Ellen Oléria serão apresentados aos alunos, traçando um panorama da contribuição de cantores e intérpretes negros. “Queremos evidenciar estes autores de canções do passado e da atualidade, levando a consciência e o conhecimento do protagonismo destes homens e mulheres negras em nossa música”, explica a artista e professora de canto, Pollyana Calazans.

Este é o primeiro edital do FMC com inscrição totalmente online e com regras que ampliam as chances dos proponentes que nunca se inscreveram ou também aqueles que não foram contemplados em edições anteriores. “Com as oportunidades mais amplas a todos, teremos tanto aqueles que fazem novas edições de projetos com excelência, como também os inéditos, que poderão mostrar o seu talento, sempre com o rigor e cuidado na gestão deste importante investimento municipal”, destaca a secretária de Integração Social, Esporte e Cultura, Andréa Lins.

São projetos de artes visuais, audiovisual, cultura de rua, dança, literatura, teatro e circo, artes integradas, música e cultura popular, patrimônio histórico e artesanato que, a partir deste ano, estão prontos para se concretizar em festivais, publicação de livros, produção de filmes, espetáculo e outros formatos. “Parabenizamos aos contemplados e nos colocamos como parceiros nesta missão de levar a arte a cada vez mais comunidades e públicos”, declara a diretora de Cultura, Nabyla Carneiro.

Deixe um comentário