Ad
Home Últimas Notícias Lavanderia é interditada por danos ao meio ambiente

Acolhendo pedido liminar requerido pelo promotor de Justiça Eliseu Antônio da Silva Belo, a juíza Christiane Gomes Falcão Wayne determinou a paralisação imediata, com interdição das atividades da lavanderia Limpeza com Arte, em Goianápolis, em razão de danos provocados ao meio ambiente e à saúde da população. Pela determinação, a magistrada autorizou ainda a busca e apreensão de todos os produtos, máquinas, instrumentos e equipamentos existentes na empresa.

Conforme apurado pelo Ministério Público, a lavanderia estava em funcionamento de forma irregular, causando diversos prejuízos à saúde das pessoas que residem próximo ao local. Foi apontado ainda que a Superintendência de Vigilância Sanitária e Ambiental inspecionou o local e constatou diversas irregularidades ambientais e riscos de lesão à saúde dos próprios trabalhadores do local e de pessoas vizinhas. Contudo, apesar de a Vigilância ter expedido dois autos de interdição (em 26 de janeiro e 27 de fevereiro deste ano), os quais determinavam a suspensão das atividades da lavanderia até a regularização, as ordens foram ignoradas.

Além disso, conforme apurado pelo promotor, a empresa não possui qualquer licença ambiental e está situada a poucos metros de várias edificações residenciais. Esta situação tem ocasionado prejuízos à saúde e à qualidade de vida dos moradores vizinhos ao empreendimento. “A lavanderia não tem a menor condição de continuar funcionando no local em que hoje está instalada, sob pena de se admitir grave e inadmissível desrespeito aos direitos fundamentais a um meio ambiente ecologicamente equilibrado e à saúde dos moradores de Goianápolis”, afirmou Eliseu Belo.

(Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)

Deixe um comentário