O secretário de Cidades, Infraestrutura e Meio Ambiente, Vilmar Rocha, à convite da Associação Comercial e Industrial de Anápolis, debateu e apresentou aos empresários anapolinos detalhes do Plano Estadual de Logística. Na reunião, realizada nesta quinta-feira, dia 14, na Acia, os participantes puderam conhecer e questionar pontos do plano que vem sendo desenvolvido pela Secima.

“O Plano Estadual de Logística está sendo elaborado e estamos mantendo um diálogo muito forte com as lideranças empresariais, políticas e sociais de Anápolis porque a cidade terá um papel fundamental”, explicou Vilmar Rocha. Segundo o secretário, Anápolis está se consolidando como um dos principais pólos logísticos do Centro-Oeste e do Brasil e o Governo de Goiás tem trabalhado forte no sentido de estruturar ainda mais a cidade.

“O governador Marconi Perillo reconhece a importância econômica da cidade e o Governo tem feito grandes investimentos aqui, a exemplo do aeroporto de cargas, do Centro de Convenções e de melhorias no Daia”, afirmou o secretário.

Contratação de empresas
Durante o encontro, Vilmar Rocha explicou que a Secima está contratando duas empresas especializadas em logística para dar uma consultoria na elaboração deste planejamento. “O plano será um estudo que vai nos dar referências, diretrizes e balizamentos para consolidarmos o que já está em andamento e indicar novas possibilidades e iniciativas que precisem de investimentos”, esclareceu.

Para ilustrar, o secretário mencionou a necessidade de expansão do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), a conclusão do aeroporto de cargas, a implantação da plataforma logística, melhorias na BR-060 e BR-153, a conclusão da ferrovia Norte-Sul e até mesmo a implantação de um trem de passageiros entre Goiânia, Anápolis e Brasília. “Estes são alguns pontos que já identificamos, mas é preciso avançar ainda mais e também em outras regiões do Estado”, disse Vilmar Rocha.

Demandas
Os empresários anapolinos também aproveitaram a reunião para apresentar uma série de demandas ao secretário. Entre elas, uma maior agilização nos processos de licenciamento ambiental para indústrias que queiram se instalar no município e ainda providências para acabar com o mau cheiro provocado pela Estação de Tratamento de Esgoto do Daia.

“Vou solicitar que uma equipe técnica da Secima faça uma visita ao local para identificarmos as causas e tomarmos as medidas necessárias”, garantiu o secretário. “Em relação às licenças, precisamos identificar o que é responsabilidade da prefeitura e o que é do Estado. A partir daí, pedirei uma maior agilidade na liberação, desde que sejam atendidas as normas legais”, completou.

Vilmar aproveitou a oportunidade para também anunciar uma boa notícia aos diretores da Acia: este mês foi aprovada a lei que permite ao Estado doar uma área de cinco mil metros quadrados para construção da nova sede da associação. “Essa é uma excelente notícia. Em breve, o governador Marconi Perillo virá a Anápolis para assinar a escritura definitiva e passar a área para a Acia”, concluiu.

(Com Goiás Agora)

Deixe um comentário