Image
Home Últimas Notícias Terminal de passageiros de Anápolis será removido até 10 de julho

As obras de demolição do terminal de passageiros instalado ao lado da Estação Ferroviária de Anápolis será concluída até o dia 10 de julho. Esta informação foi apresentada em audiência de conciliação relativa à ação civil pública proposta pela promotora de Justiça Sandra Mara Garbelini, na qual o MP conseguiu a condenação do município na obrigação de demolir o Terminal 2 (Novo Terminal Urbano), edificado ao lado do prédio da antiga Estação Ferroviária de Anápolis, bem tombado como patrimônio histórico municipal, localizado na Praça Americano do Brasil.

Na audiência também foram solicitadas pela promotora providências para a melhoria de acesso dos passageiros ao Terminal 1, que está comprometida após o fechamento do antigo Terminal 2. A empresa Transportes Coletivos de Anápolis (TCA), única concessionária do serviço público de transporte coletivo, também solicitou que a Companhia Municipal de Trânsito e Transporte de Anápolis (CMTT) realize um estudo sobre a fluidez do trânsito na Avenida General Joaquim Inácio para buscar soluções que aumentem a capacidade de acesso dos ônibus ao interior do Terminal I, para prevenir congestionamentos nos horários de pico.

A promotora Sandra Garbelini também solicitou ao município a elaboração de um cronograma para início das obras de revitalização da estação ferroviária, assim como medidas para impedir a invasão do edifício. Além disso, a Secretaria Municipal de Indústria e Comércio comprometeu-se a promover medidas de intervenção que visam melhorar a fluidez de acesso ao Terminal 1, com medidas que regulamentem o comércio local e, ainda, que propiciem a remoção do comércio informal. Já a Secretaria de Cultura informou que o projeto para a revitalização da estação ferroviária está pronto e o município comprometeu-se a lançar o edital do processo licitatório em até 60 dias, com o objetivo de contratar empresa especializada na execução do serviço de restauro.

Nova audiência conciliatória foi agendada para o dia 5 de agosto, para reavaliar a execução das inciativas definidas na audiência.

Deixe um comentário