Ad
Home Últimas Notícias Laudo comprova que grávida morreu após contrair vírus H1N1

Um laudo confirmou a primeira morte por gripe A (H1N1) em Goiás neste ano, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES). A vítima é uma mulher de 32 anos, grávida de 8 meses, que morreu no último dia 15 de junho, em Catalão, na região sudeste. Após uma análise do caso, foi comprovado que ela foi vítima da doença.

Segundo a secretaria, a mulher que teve o diagnóstico positivo para a gripe A ficou internada em um hospital particular por 10 dias. Quando ela deu entrada na unidade, os médicos chegaram a fazer uma cesariana de emergência, mas o recém-nascido não resistiu. O quadro dela se agravou e ela também acabou morrendo.

Ainda segundo a secretaria, a morte de outro homem de 43 anos, em Três Ranchos, também no sudeste do estado, ainda é analisada. Ele teve sintomas semelhantes quando trabalhava em um município vizinho e a suspeita é que também tenha sido vítima da gripe A.

O laudo com as causas da morte do homem deve ficar pronto dentro de 20 dias, segundo a secretaria.

Deixe um comentário